terça-feira, 25 de março de 2014

REPORTAGEM DO CA...

Quem assistiu ao programa Rota da Notícia da TV 'Educativa' Arapuan, nesta terça, viu um dos erros mais primários que se pode cometer em televisão: a imagem que desvia a atenção da informação. Sinceramente nem nós, do Bucho Furado, sabemos o que o entrevistado estava falando. Era algo relacionado a alguma escola. Vai ver que o câmera queria contribuir com a educação, mostrando a lindeza que estava escrita na parede. Coisas do Sistema Desgovernado Gregoriano. Uma tv que bota no ar apresentador falando errado em pleno meio dia, uma imagem como a que capturamos não causa mais surpresa a ninguém. Deve ser o padrão Arapuan de Televisão. Pena que a população seja obrigada a ver coisas como esta. Estamos de olho!!!

terça-feira, 11 de março de 2014

COMPRANDO A AUDIÊNCIA

Uma empresa séria e certa de estar cumprindo seu papel de bem informar seu telespectador, seu ouvinte, não precisa se valer de artimanhas para angariar audiência. Todo mundo sabe que estamos próximos de algum resultado do famoso e "assertivo" Ibope. Baseado nessa perspectiva é que concluímos que, a enxurrada de prêmios do Sistema Secom Correio nada mais é que uma disfarçada compra de audiência para criar pseudos números que possam refletir numa possível liderança. O gordinho depois que sentiu que não deu a audiência prometida no Cidade Alerta local, cuidou logo de trazer o iludido Vitor Freitas que, sentindo a o clima dos 'puxadores de tapete', de plantão instalados pelos corredores da afiliada da Record, cuidou logo de cair fora. Foi substituído pelo pastor que ficou sem mandato político. Estamos de olho!!!

NEGLIGÊNCIA PARA COM A LÍNGUA PÁTRIA



Esta coletânea feita no paraiba.com.br serve bem para mostrar o quanto se negligencia o correto uso da Língua Portuguesa e quanto o profissional do jornalismo despreza o aprendizado e uma reciclagem nos ensinamentos da nossa Gramática. Ao contrário do que cantava Cazuza, vamos sobrevivendo cheios de arranhões. Pobre imprensa paraibana. Estamos de olho!!!

segunda-feira, 10 de março de 2014

RIR PRA NÃO CHORAR

 

domingo, 23 de fevereiro de 2014

QUEM CHORA E QUEM RI COM ROMPIMENTO

Ninguém nem sabe, ao certo, quando cmeçou o papo de separação entre o partido de 'seu' Cássio e o partido do governador. Talvez desde a posse do atual 'donatário' da capitania paraibana. O fato é que este ano a rede de boataria tomou uma proporção que nem o maior beneficiário, 'seu Cássio', imaginaria. E na onda dessa boataria vem a esperança na mudança e o terror dessa possível mudança. Quem tem esperança e quem está sem dormir? Um bocado de radialista, jornalista, e mais um bocado de escarradores de microfones que sofrem diariamente com o possível rompimento. Como é triste constatar que cada vez mais os nossos meios de comunicação estão contaminados com os que dependem das tetas generosas do governante de plantão e, principalmente, da verba recheada da publicidade governamental. Há quem afirme que esta segunda-feira é o dia D do rompimento de laços que nunca existiram. O que 'seu Cássio' queria em 2010 era derrotar seu "algoz político" Zé Maranhão. Apenas isso foi o necessário para a união que muita gente reza que está no fim. Em se tratando de política e políticos paraibanos, tudo pode acontecer, e o que se diz à noite nem sempre se confirma ao nascer do sol. Enquanto escrevemos, 10 da noite deste domingo, tem muita gente tomando remédio pra dormir e pra segurar a pressão cardíaca esperando o dia de amanhã. Há os que também, a essa hora, estão assumindo suas personalidades reais no bloco das Virgens, Epitácio Pessoa abaixo. Pelo menos no bloco. O certo mesmo é que se 'seu' Cássio decretar sua candidatura para este ano, muita gente vai sorrir, mas também haverá choro e ranger de dentes. Estamos de olho e sem remédios. Os que fazem este blog são livres... por enquanto.

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

DE CAÇADOR PARA CAÇA

Um dia estamos do lado do caçador e noutro dia estamos do lado da caça. Pela nossa captura no site paraiba.com.br, que pertence ao sistema Gregoriano, nosso colega Luís Inácio Cabelodetoldo Tôrres que também hospeda um blog no referido site, está experimentando o outro lado (da caça) que ele tanto soube encurrlar com seus textos indagadores e cobradores do serviço público. Principalmente quando o serviço público estava do lado oposto ao defendido por Lula. Como Lula está na cadeira de secretário de Comunicação do nosso maltratado Estado, chegou a vez de ele correr atrás das respostas que ele mesmo cobrava até pouco tempo. Mas o título capturado no paraiba.com.br trouxe outras coisinhas reveladoras de desconhecimento da Língua Portuguesa; o que não nos causa surpresa mais. É que pra citar a fala de Lula, colocaram um ponto e vírgula quando deveria ser dois pontos. E tem mais: após os dois pontos, não se começa a oração com letra maiúscula e não se usa nem aspas nem o apóstrofo, como destacamos. O gaiato de plantão grita lá da copa: é capaz de algum engraçadinho colocar um comentário dizendo que depois dos dois pontos podemos escrever com maiúscula quando for um nome próprio. Será que não sabemos? Estamos de olho!!!

A FALTA DE UMA VÍRGULA

Jornalista pra se considerar Jornalista, precisa, tem por obrigação saber que o que ele escreve repercute, forma opinião e reflete seu preparo. E em questão de preparo a Língua Portuguesa é condição sine qua non para a profissão. Pela nossa captura, acima, dá pra notar a falta de cuidado com uma simples colocação de vírgulas que evitariam o engano destacado em vermelho. Seria uma 'quinta apelação'? Claro que não, mas como as regras gramaticais ficam em segundo plano, poderíamos pensar a respeito. A escrita correta seria: TJPB aprecia, nesta quinta, apelação de sentenciado pela morte de três pessoas da família Ramalho (sem as aspas). São Francelino interceda por nossa categoria que cada vez mais se mostra displicente, entre outras coisas, com a nossa sofrida Norma Gramatical. Estamos de olho!!!

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

PONTO DE VISTA

Pelas nossas capturas, acima, dá pra perceber que cada um tem seu ponto de vista e no jornalismo, principalmente o paraibano imparcialidade, ou qualquer coisa que se pareça, está cada vez mais longe de existir. O site paraibaja.com.br totalmente defensor e dependente da monarquia fazendo uma interpretação das palavras de Cássio. O paraiba.com.br, assustadoramente colocando um título que coloca o governante de plantão em conflito com seu último apoiador: Cássio. Mais assustador é que o referido site é a casa do nosso colega Luiz Cabelodetoldo Secom Torres; atual braço direito do Palácio do Governo e comandante da recheada verba da comunicação. E Marcone Ferreira... nem precisa dizer nada. Esse é um dos que acende uma vela todo dia só pra ver o rompimento se concretizar. E o buchin furadin num recebe nem um bannerzinho pra ajudar no nosso 'pro labore'. Dá uma forcinha aí Lula. Estamos de olho!!!

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

REDAÇÃO QUE NINGUÉM SE COMUNICA

Pela captura, acima, o gaiato de plantão já grita lá da copa: esse site da UFPB tá parecendo panela que muitos mexem... fica insosso ou salgado. Repetem a notícia com títulos diferentes e o conteúdo é o mesmo. Será uma redação formada por estranhos? Com essa constatação, resolvemos nos calar. Mas estamos de olho!!!

TAMBABA EM JOÃO PESSOA

Pela captura que fizemos no site paraiba.com.br dá pra notar que nossos colegas de redação possuem um GPS totalmente desnorteado. Na ânsia de mostrar nossa capital como destino mais procurado para o Carnaval, foram direto no google imagens e deram um Ctrl C e Ctrl V na foto do mirante da praia de Tambaba que nem na nossa capital fica. Imaginemos nós se um turista visita esse "conceituado" site? Vai procurar a vista, acima, em João Pessoa e... frustração. Ela está a pelo menos 30 quilômetros. O gaiato de plantão grita lá da copa: advinha a quem pertence esse site? É do mesmo sistema que tem o irmão de Cebolinha como apresentador do programa "carro-chefe" da casa, apresentadora que troca a primeira dama do município pela primeira dama do estado, e por aí vai. E assim caminha a nossa pobre imprensa. Estamos de olho!!!

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

GOVERNO OFERECE SECRETÁRIAS? QUEREMOS UMA.

Após as férias merecidas, estamos de volta, e com todo gás... Pela captura, acima, o nosso estimado colega Marcone Ferreira, sempre antenado nas peripécias governamentais, coloca o governante máximo do nosso Estado em maus lençóis. Será que RC está oferecendo alguma secretária do lar para atender aos pedidos dos seus apoiadores? Se for de graça, pode mandar uma ou duas pra redação do Bucho Furado que a gente aceita. Uma pra fazer a limpeza e outra pra fazer o cafezinho. Luxo é luxo. Já estamos até imaginando: adeus café requentado e mesa suja de resto de bolacha creme cracker. Vamos negociar nosso apoio. Será que Lula Tôrres nos dá uma forcinha? Estamos de olho

sábado, 11 de janeiro de 2014

PÂMELA NO LUGAR DE MARISA

Já se viu de tudo no Sistema Gregoriano quando se fala em "falha nossa", só que as coisas precisam de renovação, inclusive as gafes. Pois não é que o Verão Arapuan veio exatamente pra nos brindar com as novidades da apresentadora Marília Gimenez Lima? Mas calma, dessa vez não vamos registrar as agressões gramaticais que já são marca registrada dela. O que apresentadora fez no Verão Arapuan, deste sábado, foi nada mais nada menos que trocar a primeira dama da capital paraibana pela primeira dama do estado. E não foi um escorregão qualquer não. Marília Ximenes mandou: beijo, beijo pra Pâmela... Isso, logo após a exibição de uma matéria com a primeira dama Marisa Cartaxo, esposa do prefeito Luciano Cartaxo. Ainda bem que não trocaram de câmera pra não mostrar Priscila ou César enfiando a cara no chão. É pra isso que serve 'ao vivo'. Pra revelar a capacidade de um apresentador. O gaiato grila lá da copa requentando o cafezinho: imagine Marília apresentando um programa com Samuka Cebolinha Filho... Será o auge da vergonha no Sistema Gregoriano. Tá chegando esse dia. Ficamos com vergonha alheia. E como na Arapuan as coisas são bem organizadas, quem quiser rever é só ficar sintonizado na tv neste domingo. É que eles reprisam tudo sem cortar nada. E olhe que nem estamos falando das 'infinitas' falhas no som dos microfones e no som das bandas. Deve ser pra ensinar... ensinar como não se faz. Estamos de olho e com medo de desaprender.

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

O MAR GANHOU DA GALÁXIA

Numa certa província banhada pelo mar, o maligno governante esteve indeciso entre algumas restritas possibilidades de arranjar mais um bigorrilha. Resguardado em seu templo afastado do palácio, o rei (rs rs) viu que poucos poderiam satisfazer suas necessidades para ser o seu porta-voz oficial. Segundo se comenta pelas ruelas da província, a dúvida estava entre o mestre ioda das galáxias ou um molusco cefalópode pequeno, mas possuidor de vários tentáculos. O ganhador dessa reles peleja foi, claro, o possuidor dos tentáculos; conhecido como lula. Mas quem em sã consciência acreditaria que o ioda seria o agraciado? Talvez o próprio. O molusco, pelo que consta, é expert, se articula bem (tem cérebro e oito tentáculos), tem curso superior, possui grande capacidade gramatical, é bem informado, e, há tempos, vinha trabalhando para conseguir o cargo de porta-voz oficial da província, apesar de ter usado artifícios gramaticais não muito éticos nessa caminhada. Resultado? Está no seu lugar de direito. Nossos parabéns ao molusco e, quanto ao ioda... seu lugar de direito???? Uma carteira em algum curso de Valdenora Nogueira, de Zarinha, de Yuri, de Chico Viana, ou quem sabe; de São Francelino. Opções não faltam. O gaiato de plantão grita lá da copa reproduzindo o mesmo tom de voz do habitante da galáxia: o que falta é massa cefálica. Quem sabe o Mobral voltasse? Estamos de olho!!!

domingo, 15 de dezembro de 2013

ARAPUAN, O SISTEMA PERDIDO

Já é cíclico: todo ano o sistema Gregoriano passa por alguma reforma. O Cidade em Ação, já já, recebe o recorde de programa que já teve mais apresentador no Brasil. Por lá já passaram Jota Redondo Ferreira, Samuka Ator Duarte, Jonas Fala Batista, Nilvan WhatsApp Ferreira e, por último, Vinícius SouBacharel Henriques. Nesta segunda-feira (16), começa mais uma etapa do Cidade Perdido em Ação da TV Arapuan. A aposta é no irmão do Cebolinha: Samuka Linguaplesa Filho. O gaiato de plantão grita lá da copa: pra quem tá só com 3 pontos no Ibope, pode até botar Marília Matagramática Lima que a gente nem se espanta mais. E que ninguém duvide que ela pode ser a próxima. Pior não pode ficar. "Toda equipe do blog Bucho Fulado estalá de plantão assistindo à TV Alapuan às 12 holas desta segunda-feila".

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

QUANTO VALE UM DIPLOMA? QUANTO VALE FICAR CALADO?

Aconteceu numa certa difusora de uma certa província jornalística.
Um mentiroso, um verdadeiro mentiroso, que muitas vezes mente para garantir o "tôco" institucionalizado na província, escarrou no microfone termos nada amigáveis a respeito de um rapaz de pouca idade, assim como ele; o autor das aberrações. Só que o rapaz de pouca idade possui, graças à sua criação, ao seu esforço, uma uma larga diferença intelectual, ética e moral, bem distante da bagagem do escarrante da difusora. O jovem rapaz tem nível superior. É Jornalista formado e informado. Pois não é que o jovem rapaz ganhou um espaço na mesma difusora que o tinha denegrido dias atrás? Esse espaço garantido pela difusora surpreendeu a todos, todos os verdadeiros profissionais da comunicação. Outra surpresa para nós, foi a debandada do escarrante das suas obrigações diante do microfone da difusora, coincidentemente (?), no dia em que o jovem rapaz estava a deleitar o ouvinte com sua capacidade de concatenar seus argumentos e, categoricamente, responder às discrepâncias do seu colega de graduação que ficou sozinho no estúdio a patinar em questões sem nexo. O âncora do programa se perdia à cada resposta do 'inquirido'. Ousamos: esse foi um dia pra história da comunicação na província do jornalismo submetido às botas da governança de plantão. Mas, calma, não parou por aí. Tem mais. Muito mais. Não é que alguém foi buzinar no ouvido do dono da difusora a respeito da entrevista que se desenrolava "bem debaixo das suas barbas"? Deve ter sido alguma alma cheia de má intenção; um babão de corredor. Esse feito colocou seu patrão naquilo que podemos chamar de "maus lençóis". O patrão entrou no estúdio e, numa tentativa, de se explicar porque estava ali, deu mil rodeios sem coerência sobre liberdade de opinião, de expressão, de imprensa, de um bocado de... perda de tempo. O jovem rapaz 'ENGOLIU' o dono da difusora. Naquele momento ficamos a imaginar se havia, perto do estúdio, um compartimento dotado de equipamento sanitário que permite realizar as necessidades fisiológicas e a higiene pessoal (segundo o dicionário Priberam), que nos faz relembrar o ditado correspondente: pede pra cag.... e sai. Seria esse o conselho que, nós desse humilde blog, daríamos ao dono da emissora, após a réplica do jovem Jornalista. Quem mandou dar atenção ao babão do corredor? Podemos até sentir o mal estar dentro do império jornalístico subjugado ao Palácio. O escarrante, que certamente estava ouvindo a entrevista escondido em algum dos seus apartamentos conquistados a pouco suor, e o próprio dono da difusora sentiram, souberam, naquele momento quanto vale um diploma de nível superior de Jornalismo. Quanto vale alguns anos de estudo, de leitura. Compreenderam, na pele, quanto vale ficar calado. Estamos de olho e com a nossa redação a soltar fogos até a virada do ano. Simplificando: estamos de almas lavadas. Valeu Rafa.