segunda-feira, 12 de junho de 2017

PRODUTORES DE MERDA - ESCREVEU E TENTOU SE ESQUIVAR

Lá na TV Au Jazira (nordestinês), um rapaz que veio de-mi-ti-do da concorrente, certo dia escreveu uma besteira num dos grupos da dita TV, esculhambando seus atuais colegas de redação. Pois não é que ele os chamou de “produtores de merda”? Explicamos: ele digitou a mensagem pra alguém qualquer, querendo aparecer, e errou o destinatário mandando pro grupo da Au Jazira. Desatento na sua lambança, minutos depois, numa daquelas operações do tipo ‘se limpando com canjica’, em tempos juninos, o desprovido de pelos superiores, tentou fazer um remendo se dizendo vítima de alguma brincadeira de mal gosto, ou de um hacker (pode?). Será que alguém caiu nessa conversa fiada? Desculpou-se tentando disfarçar uma humildade que não possui. Não possui mesmo. Afinal, veio de uma emissora que algumas pessoas pensam ser a rainha da cocada preta. Pois bem “produtores de merda”, o autor que acha ter uma superioridade aos demais, deveria pedir pra sair, estilo Temer. Conselho do BF: ficar calado e procurar um buraco pra se esconder, talvez seja a melhor ação. A rádio peão ainda comenta uma certa ordem dada por uma superior dizendo que o assunto está encerrado. Falta saber se é para manter a “ordem” inexistente ou para “proteger” o autor da baboseira já que foram colegas na outra..., da outra emissora. Será uma influência do mestre Gilmar da corte judicial? Estamos de olho!!!

sexta-feira, 9 de junho de 2017

EM TEMPO: CBN SEM FRANCELINO

É com muita tristeza que, principalmente, nós do Bucho Furado, não ouviremos mais nossa referência na Gramática Brasileira, o professor Francelino; como é conhecido. Há duas semanas, saiu do ar "O que se fala por aí"; quadro que esclarecia muitos erros, geralmente os mais corriqueiros, cometidos contra nossa sofrida Língua Pátria. O motivo ainda não foi explicado direito. Ouvimos alguns locutores dizerem que a programação da CBN local vai mudar. Mas, não poderiam esperar este momento para tirar do ar o professor Francelino? Pelo que ouvimos, até este agora, não mudou nada na programação. Será que a CBN João Pessoa vai se dedicar às picuinhas políticas como algumas outras? E o ouvinte? Não tem direito a mais nada? Cadê o diferencial? Estamos de olho!!! E continuamos de ouvidos ligados.

quinta-feira, 27 de abril de 2017

A NOSSA LÍNGUA NÃO MERECE ESSE DESLEIXO

Diante de tantas tristezas que assolam o país, a gente não merece estar vendo (estilo telemarketing) postagens como a que capturamos no site Política&etc. A gente merece sim, ver a conjugação verbal escrita da forma correta por quem, obrigatoriamente, não tem o direito de errar. Afinal, o domínio da nossa Gramática é uma das ferramentas indispensáveis ao Jornalismo. Nossa sofrida Língua Portuguesa não merece esse desleixo. Estamos de olho!!!

terça-feira, 11 de abril de 2017

CABO DE VASSOURA NA TV MANAÍRA

Leia em voz bem imposta; tipo aquelas de locutores policiais dos anos 70. Vassoura é esquecida em cenário da TV Manaíra e telespectador fica se perguntando qual o motivo?. Será que era pra segurar a porta do corredor da TV que serve de ponto para as transmissões ao vivo? Amanhã estaremos de olho para ver se "a escora" estará no mesmo lugar.

terça-feira, 4 de outubro de 2016

SENADO NA PARAÍBA?


Pela escorregada do pessoal do indefectível site MaisPB, dá pra notar que, por lá, revisar não é coisa corriqueira. Todo mundo sabe que é um senador paraibano, apesar de que paraibano só no registro. O dito cujo é um senhor que nem oxente diz mais. Mas, voltando ao menospb, não dá pra perdoar tamanha escorregada. Ou será que estamos desatualizados e a Paraíba vai ter um Senado? Estamos de olho!!!

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

CORRE PRA GARANTIR O TOCO

Eleições definidas e o corre-corre começa nas redações, nas empresas de marketing, nas assessorias. Muita gente desesperada pra agarrar a teta de algum político eleito, de preferência algum que seja novato. Vai ser no estilo:
- Eu sabia!
- Eu tinha certeza!
- Estava torcendo e trabalhando nos bastidores pela sua vitória!
- Sei da sua seriedade, agora vai!
- Até que enfim temos uma pessoa que vai mudar os rumos da política!
- Sempre soube da sua vitória e estou pronto com minha empresa pra acompanharmos seu mandato!
E outras frases tantas que nem merecem espaço aqui. A verdade é que muitos ditos 'jornalistas' não perdem tempo em garantir o velho 'toco' pros próximos 4 anos. Mas, bom mesmo foi ver e ouvir gente cheia de "credibilidade" esquecer o passado e já elogiar, ou pelo menos tentar se aproximar dos vitoriosos. E tem de todo tipo. Tem toqueiro de camisa polo e calça jeans, e toqueiro de peito inchado, se achando o último chocolate da caixa, vestido de paletó e gravata que erra pra burro no ar, mas precisa correr pra garantir o jabaculê. Corre... corre, que já pode ter alguém na sua frente oferecendo a "dedicação eterna" para o candidato. E assim, vamos navegando já de olho em 2018. Pra nós, do Bucho Furado, fica um elogio ao comunicador Fabiano Gomes que se posiciona e "bota a cara a tapa" como se diz no bom paraibanês. Estamos de olho!!!

quarta-feira, 20 de julho de 2016

LEGENDA PRA DIZER NADA

Aborto, fora Dilma, caso D. Aldo, virgindade, estupro, caso Rebeca? Qual seriam os tais temas polêmicos que o secretário abordaria? Nada além de política, política e política. Polêmica causou foi na redação do Bucho Furado pra ver quem capturava a foto acima. Pelo último resultado das pesquisas, além de mudar o horário do programa policial da Clube, ops Manaíra, o pessoal da produção poderia mudar também essas frases que pretendem chocar, mas não dizem nada. Com a mudança do policialesco/popularesco pro meio dia, o Primeiro Plano vai cair pra segundo. Piada sem graça do diretor do BB, mas temos que botar pra não perdermos o bico. Estamos de olho!!!

COMITÊ GAZEIA A AULA DE PORTUGUÊS

Antes de o autor, ou autores dessa agressão linguística pedirem o fora Temer, deveriam ter 'dado um fora' neles mesmos. Será possível que na entrada de uma instituição de ensino superior são toleráveis erros como os dois destacados acima? Estamos de volta e de olho!!!
Em tempo: bem-vindos (com hífen sim senhor). E essa crase? Preguiço vai consultar a Gramática.
E quem quiser que repasse pelo zapzap o link dessa "barberagem" gramatical. A gente é que não vai.

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

DEMISSÕES DE UM LADO E DE OUTRO, REPÓRTERES SAINDO PELO LADRÃO

Semana passada foi Laura Luna e outros tantos na TV Tambaú e hoje o emaranhado Correio demite Eugênia Victal e Jomar Bombril Brandão. 'A lista de Schindler' invertida de 2016 está só começando. A rádio corredor já especula os próximos "presenteados" com o cartão vermelho. Lá pela Mons. Walfredo Leal, no sistema Canjiquinha... a conversa toma outro rumo. Enquanto a produção agoniza com as pressões diárias de pautar tudo em tempo recorde, nunca na história desse Estado, se viu tanto repórter por metro quadrado. Será que tem alguém pensando que repórter ou apresentador que se acha "estrela" sustenta uma audiência sozinho(a)? Pobres diretores de jornalismo que não se conscientizam que uma boa produção salva qualquer repórter, mas um repórter, por melhor que seja, dificilmente vai "parir" uma boa reportagem sem os suadores de camisa que ficam nas redações aguentando chiliques e sofrendo a pressão diária. Nem vamos colocar os impropérios que o gaiato de plantão gritou lá do seu cantinho no café. Estamos de olho!!!

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

PROBLEMAS ANTIGOS, ERROS REPETIDOS

Esse mosquitinho em destaque vem provocando dores, inclusive de cabeça, em muita gente. Não vamos falar das irresponsabilidades dos governantes que fizeram de conta que ele estava sob controle, não. Vamos falar, mais uma vez, que nossos colegas jornalistas continuam, assim como o mosquito, a disseminar o erro quanto ao seu nome correto. A formação do nome (em latim) tem um "A" colado com o um "E" no início (Æ). Só que esse A não se pronuncia. o "Æ" tem apenas a pronúncia de "E". A pronúncia correta de aedes aegypti é: edes egipti. Simples assim. Em nome das precárias condições do coração do gaiato de plantão deste blog, pedimos aos caros colegas de profissão que não repitam tal erro. Caso duvidem da nossa dica, consultem o professor Francelino quando ele estiver na CBN toda segunda de manhã. O véio gaiato quase tem um troço com tantos erros repetidos hoje pela manhã. Se liga Pat. Estamos de olho!!!

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

TEM CERTEZA?


Pelo andar das várias CPIs que acontecem mundo afora, acreditamos que nossos amigos do PautaPB devem ter certeza absoluta que o "resultado deve resultar". Em que? Quem sabe? Mas, o "resultado deverá resultar" em alguma coisa. Olhando para o gaiato de plantão deste blog, ele, da possuído pela sua descrença rumorejou algo que não deu pra traduzir. Estamos de olho!!!

terça-feira, 27 de outubro de 2015

E DAÍ???

E daí? O que é que muda esse título em relação ao que foi denunciado? Até a imprensa que fica a serviço do império, deve ter um mínimo de sensatez ao escrever coisas desse tipo. Tudo bem que ninguém é imparcial, mas bem que poderia se expor menos. E daí se o médico é parente do vizinho do outro lado da rua, de um primo distante do cunhado do suplente do deputado tal? O que se deveria investigar é se a denúncia de equipamentos que não funcionam, é verdadeira. Ao contrário, muitos colegas nossos, ficam tentando desacreditar (ou julgar) o médico que muitas e muitas noites fica acordado salvando vidas. Noutras épocas já expuseram até contra-cheque de médicos (sempre do Trauma) na intenção apenas de se mostrar alguém que é "rico". Talvez para colocar a população contra esse profissional. E médico precisa ganhar bem mesmo. Estudou 6, 8, 10 anos pra se capacitar. Quando um médico entra numa sala de cirurgia, não distingue se o paciente é milionário ou meliante. Ele trabalha pra salvar a vida que está logo ali na sua frente. Quanto à exposição do paciente... alguém viu? Só se tiver a visão de raio X, e acho que nenhum jornalista, na Terra, já alcançou essa evolução. Graças ao bom Deus. Estamos de olho!!!

terça-feira, 13 de outubro de 2015

ALPB É UMA SÓ

Tudo bem que são muitos deputados na Assembléia Legislativa, que eles ajuuuuuudam bastante os nossos colegas jornalistas, mas cometer um erro como esse de pluralizar a sigla, vai bem além das nossas possibilidades. Brincadeiras à parte, os nossos companheiros de redação do ParaíbaJá confundem texto com título. Queriam dizer "parlamentares da...", mas não o fizeram. Assembléia, por mais que se dê uma permissão poética ou qualquer outra desculpa para o erro, ainda é singular. Outra falha bem constante, não só no referido site, é o uso de vírgula ou ponto e vírgula quando, na realidade há necessidade de ponto final. São duas orações que podiam ser unidas pela conjunção "e" facilmente, mas, ao que parece, há uma necessidade de se tentar complicar a escrita. Estamos de olho!!!

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

TODO MUNDO DE OLHO E... O JPB2 NÃO DEU

O governo assusta todo o país com as últimas notícias sobre cortes aumento de impostos e, simplesmente, os donos do JPB2 não deram nada. Nada mesmo. Não precisa dizer, aqui, que outros telejornais também fizeram o mesmo. O coitado do Tambaú Notícias é gravado no final da tarde e nem soube dos cortes. Eita que isso é coisa de quem está em crise faz tempo. Voltando ao JPB2, esse é de longe o principal jornal televisivo das noites paraibanas, e passar em branco o arrocho do governo federal... não tem preço, ou seja, não tem explicação. Será que perderam a ideia do que é jornalismo? Estámos de olho e o JPB2 não deu, nada!!!
Só pra instigar: se corte no Pac, no Minha Casa Minha Vida, nos concursos, nos reajustes salariais, volta da CPMF, não são motes jornalísticos, o que é? Ou será que a população paraibana vai dormir em berço esplêndido hoje?

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

FOTO? PEGA QUALQUER UMA AÍ

 
Pra ser Jornalista, Jornalista de verdade tem que possuir alguns requisitos. Um deles, que nós defendemos com "unhas e dentes" é o Diploma do Curso de Jornalismo oferecido pela UFPB. Condição inegociável. Quem quiser que faça estripolias (ou estripulias, como queiram), tente gritar que não é preciso, que o Curso não forma um jornalista. Tudo isso, preste bem atenção, é desculpa de quem não se formou num curso superior, ou fez outro qualquer e acha que pode ser Jornalista. Tentam esconder frustrações pelo fato de não terem passado pelas mãos de grandes professores que ensinam o que é e como se faz o verdadeiro Jornalismo. Questões à parte, para se tornar um Jornalista e não apenas um digitador, temos que saber o mínimo de fotografia. Nesse quesito, tem gente que está precisando, urgentemente, ir ao oftalmologista para conseguir ver a própria foto que usa em suas postagens. É o caso da matéria acima, no site da UFPB. Dá pra notar que quem fotografou estava muito preocupado com a tinta na parede em vez de capturar as figuras principais da matéria. Deve ter sido na base do "pega qualquer uma aí". E dizem que por lá tem professor de fotografia. Será? Chama o retratista Jorge Tadeu (personagem de Fábio Jr. na novela Pedra Sobre Pedra.). Santo Google. Ufa. Estamos de olho!!!