sexta-feira, 30 de setembro de 2011

PORTAL ERRA, É ADVERTIDO E AINDA ASSIM...

Não é que o cordão do Bucho Furado aumenta a cada dia. O pessoal do portal MaisPB cometeu um tremendo erro na escrita, replicou o erro no twitter, foi advertido e mesmo assim manteve o erro no ar. Isso é o que podemos chamar de daqui não saio, daqui ninguém me tira. O erro permaneceu lá e até o momento desta postagem estava publicado. Mas o que nos chamou mais atenção foi a puxada de orelha de um seguidor deste blog que enviou mensagem para o Mais PB e ninguém deu a devida atenção. Pra o nosso trabalho ficar completo trouxemos as duas escorregadas do portal mais a puxada de orelha do internauta. O nosso “estamos de olho” tá cada vez mais se ampliando. Já está além fronteiras do Bucho Furado.

*** As pérolas da semana no twitter logo abaixo.

PÉROLAS DA SEMANA NO TWITTER

Com a proliferação das mensagens pelo Twitter.com e como é irreversível o seu uso, resolvemos dar uma vigiada de leve em alguns colegas da nossa sofrida profissão. Para começar nossa mira foi direcionada para o camarada que está sendo cotado para ser o próximo “Toinho do sopão” da nossa política: Emerson Mofi Machado futuro talvez vereador. E como já temos conhecimento de que a vigilância está sendo redobrada nas nossas redações para evitar escorregadas que possam cair neste blog, pretendemos estender essa saudável vigilância para as tuitadas descuidadas dos nossos colegas. Leiam abaixo e tirem suas conclusões. Concordância verbal, acentuação, uso de pronomes, são só alguns dos escorregões que capturamos do nosso eleito de hoje. Ou futuro eleito pelo povo. Vem aí Mofi 2012. Será?

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

ESPAÇO ABERTO

Depois de tantos comentários de colegas nossos que estão mais interessados em procurar possíveis escorregadas deste blog do que entrar na discussão que propomos, decidimos oferecer a eles as capturas que fizemos em alguns portais. Essa oferenda é para que as pessoas que se incomodam com nosso trabalho façam suas próprias observações. Se estamos errados em nossas postagens, como então encarar os erros mostrados acima? Fiquem livres para fazer as devidas correções que publicaremos sem censuras. A não ser que algum comentário possa ser agressivo. Por isso batizamos de Espaço Aberto. Aos amigos que nos acham atravessados ou atrevidos esse espaço é de vocês. Mas não esqueçam que estamos de olho!!!

ISSO É QUE É ANTECIPAR A NOTÍCIA

Conforme captura no portal Paraíba Já a nossa imprensa está trabalhando tanto que já está postando notícia com um mês de antecedência. Preste bem atenção ao dia da publicação, ontem e o dia que se realizará a comemoração da data dedicada ao funcionalismo público. Será que esta sexta, conferida no título, já é a do dia 28 de outubro? Dia do servidor público? Quando usamos o pronome demonstrativo “esta” a data deverá ser a mais próxima. A sexta, por conseguinte, seria o dia de amanhã. Qual calendário estará sendo usado no portal Paraíba Já? Será o tão temido calendário Maia? Ou eles têm acesso a algum esquema de datas que desconhecemos? Afinal amanhã nem 28 é. E conforme o próprio texto a data é 31 de outubro, daqui a um mês. Isso é o que podemos chamar de antecipação de notícia. Paraíba Já a frente dos demais, mas no erro. Estamos de olho!!!

BLOGUEIRO MESMO DE FÉRIAS DEIXA RASTRO

O nosso colega Marcone Ferreira está tirando as merecidas férias que todo trabalhador tem direito. O que ele não tem direito mesmo é de dar uma erradinha simples num simples acento. Conforme nossa captura no blog do Marcone, o autor das postagens esqueceu de acentuar o advérbio de lugar “daí” o que transformou o advérbio em verbo. Conforme está escrito “dai” é a conjugação do verbo Dar no modo Imperativo Afirmativo na primeira pessoa do plural “nós”. Daí, concluímos que nosso colega Marcone Ferreira não deu a devida atenção à nossa sofrida Gramática. Estamos de olho!!!

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

IBOPE CONFIRMA - ZÉ GOVERNADOR E 98 PRIMEIRO

Quanto a Zé deixamos pra lá. Mas as recentes pesquisas divulgadas e alardeadas pelos quatro cantos de João Pessoa pela primeira colocada serviram para confirmar mais uma vez que o substantivo feminino “qualidade” está muito longe de ser conquistado em algumas emissoras de rádio. E nesta terça ainda ateando as chamas da conquista alguns colegas da 98 FM simplesmente esqueceram qualquer compostura e tripudiaram com os que ficaram atrás nas pesquisas direcionando piadas e chacotas possuídas de total desinteresse pela população ouvinte naquele momento. Já no programa Correio Manhã comandado pelo radialista Fabiano Épramimoupraeu? Gomes com a participação do Mofi, as piadas começaram, mas tudo tomou um caminho da deselegância no Correio Debate da rádio 98FM. Por volta das 13h20, desta terça, Fabiano e Emerson coadjuvados por Samuka perderam totalmente os limites do esmero, da ética com palavras, expressões, insinuações e brincadeiras de mau gosto para com ex-colegas da emissora. Infelizmente estávamos sintonizados para, inclusive, sentir o silêncio do decente jornalista Welington Farias e as fracas tentativas feitas por Heron Cida de mudar o rumo das piadas. Mais uma triste constatação de que as soluções para os problemas da sociedade que deveriam nortear o nosso jornalismo estão sempre em segundo plano. O que importa mesmo é a manutenção do nível em se encontra nosso pobre jornalismo e também o status quo político no qual muitos jornalistas se apóiam. Tristeza para nós em ver nossa profissão, o jornalismo, nesse rumo. A festa da conquista perdeu a classe de um vencedor. Esperamos que se um dia a situação for inversa, os outros não sigam a mesma trilha. Ibope confirma: Zé? Não. Audiência difere de qualidade. Estamos de olho!!!

terça-feira, 27 de setembro de 2011

CONEXÕES DE SEGUNDA

Hoje vamos direto às garantidas gargalhadas que Jessier Quirino nos proporcionou ao sintonizarmos o Conexão Arapuan, clone do Conexão Master. A presença da secretária Estelizabel nada mais foi que um cumprimento daquela velha escala de revezamento que está pregada na porta do estúdio da Arapuan. Como Estelizabel não tinha muito o que falar além do que já se diz todo dia, nosso colega Luís Cabelodetoldo Torres teve a esperteza de dividir o programa com o poeta popular Jessier que na sua desenvoltura fez o melhor para o telespectador: deixou todo mundo praticamente calado no estúdio e nos deliciou com suas histórias sertanejas e “matutescas”. Do outro lado o Conexão Master debatia os problemas que mexeram com as mentes políticas por causa do programa Fantástico de domingo passado. Bom sempre ver as opiniões divergentes entre os componentes da bancada da TV Alex Master. A presença do vereador Bira afiado em defender os governos municipal e estadual numa demonstração que está afiado também para uma possível disputa na prefeitura de João Pessoa ano que vem. Lastimamos pela repetência dos mesmos temas: furadeira, Cuiá, permuta de terrenos, gestão anterior. Se continuam em evidência é porque ainda não foram resolvidos. O que seria desses programas se não existisse o Fantástico para dar mais um mote a cada começo de semana? Indo à nossa votação entre as Conexões de Segunda, decidimos nos posicionar da seguinte maneira: empate com leve tendência para o Conexão Master. Vale salientar que a TV Master não está em canal aberto. O Conexão Arapuan só chegou mesmo ao empate unicamente por causa da presença de Jessier Quirino. E os tuiteiros de plantão deram o tom da disputa nos trends de João Pessoa que postamos acima. Estamos de olho!!!

domingo, 25 de setembro de 2011

100% DESNECESSÁRIO

Repercutindo o que o desprevenido e atrapalhado deputado Toinho do Sopão deixou escapar contra um radialista, aqui em João Pessoa, muitos portais paraibanos publicaram a notícia. Nada anormal diante de uma deselegância para com alguém da imprensa. Imprensa unida é um perigo. Pode até derrubar presidente. Alguém duvida? Mas o que nos chamou atenção foi a forma de divulgação do fato, especialmente, pelo nosso colega Luís Cabelodetoldo Torres. Como se vê pelas nossas capturas, os portais Paraíbajá e PBAagora, decentemente e em respeito ao leitor, não se atreveram a relatar ipsis literis as agressões verbais de Toinho do Sopão. Diferentemente e para nossa surpresa o blog do Luís Torres, sem pudor nenhum, mostrou com todas as letras a desfeita do deputado. Para nós esse título do Luís foi 100% DESNECESSÁRIO. Pra que escrever dessa forma? Sensacionalismo barato. O promissor jornalista já não achou demais a falta de compostura de Toninho? Tinha que pecar também na mesma medida? Lulinha deve tá assistindo muito programa policial aqui em nosso estado. Más influências. Estamos de olho!!!

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

PÉROLA DA PUBLICIDADE

Conforme nossa captura dá pra ver o quanto se brinca com a nossa Língua Pátria, ou mesmo quanto se desconhece a Norma Gramatical Brasileira. Já atentamos, noutras vezes, a respeito de abreviações erroneamente utilizadas em alguns meios de comunicação do nosso estado. O que registramos acima extrapola todas as nossas outras observações. Já vimos e mostramos a abreviação de “hora” como sendo, no Brasil, apenas com o uso do “h” já que em muitas emissoras de tv e também na escrita de sites e jornais continuam usando o “hs”, mas o que essa obra prima da publicidade vem veiculando esta semana em nosso estado não estava nem nas nossas mais fortes especulações. Abreviar horas para “hrs”? Por que não colocaram logo as duas vogais excluídas? Em que país foram procurar essa abreviatura? Em algum lugar neste planeta deve ser usado, menos no Brasil. Falta de revisão na agência de publicidade que gerou o comercial de uma importante revenda de carros importados em nosso estado. Estamos de olho!!!

*** As outras pérolas estão logo abaixo

QUANDO O DONO DÁ O EXEMPLO

Já estamos quase no final de setembro e esta captura que fizemos está no ar há 24 dias, no PoliticaPB, fazendo referência ao mês de agosto. Mas o que nos traz a este texto é o fato de que o autor das Notas para fechar agosto é, simplesmente, o dono do portal, o multimídia Fabiano Épramimoupraeu Gomes. O “homi” faz tv, rádio, tá na publicidade, é dono de site e por aí vai. Só pode estar sem tempo para atualizar sua própria coluna no seu próprio portal. Conselho do Bucho Furado: contratar alguém para escrever a coluna.  Muitos por aí já se utilizam desse artifício. É pra isso que serve um bom assessor de comunicação. Para preparar textos, revisá-los e levá-los para a aprovação do chefe antes da publicação. Fica aqui a nossa dica. O gaiato dono deste blog, para não ficar de fora, pergunta lá copa com uma xícara de café na mão: será que as notas de setembro vão focar no ar até final de outubro? E se os outros colunistas fizessem o mesmo? Ninguém iria mais ler o portal. Quando o dono dá o exemplo, geralmente é seguido. Estamos de olho!!!

**As pérolas da semana estão logo abaixo.

PÉROLAS DA SEMANA

Surpresas nas pérolas de hoje. Tem gente ausente. Por que será? Simplesmente para darmos uma folguinha, mas semana que vem tudo pode mudar. Leia, se divirta, medite e não se deixe influenciar.

- No barro do Bessa – Hugo Novato Sales
- Mais ou menos meio dia e meio (o correto é meio dia e meia) – Bruno Danielsam Sakaue
- Bandido morto algemado com algema – Aguinaldo Enrola Mota
- Restos de um projetíl (acento nosso) (o correto é projétil) – Ainoã Gemendo Geminiano
- Felicidade sente os netos – Vanessa Chapinha Braz
- Um fato triste aconteceu: o pneu furou – Josenilton Cancão
- E a vítima foi uma moto – Ana Maria Fanha Braga
- Os principais temas que envolve o nosso candidato – Alex Perfumes&Cia Filho
- A maioria das vítimas estão internada – Edilane Neandertal Araújo
- Esses jogos feito agora – Prof. Açúcar União
- A vítima já foi identificado como Marcos – Iedo Assusta Ferreira
- Esse TP é pra mim ler – Carlos Ratinho Massa Gomes?
E pra encerrar uma formosura de Dinei de A Fazenda
- Estou me se sentindo em casa – Dinei Jogador (se defendendo da roça e atacando a língua nossa)

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

NÓS E OS JORNALISTAS

Desde o brotar dos primeiros textos analisando a nossa imprensa, muitos colegas nossos declararam seus elogios e outros tantos se revelaram incomodados e até nos hostilizando. Alguns nos conceituam como sendo desprovidos de conhecimento sobre os meios, outros procuram nos desclassificar, outros emitem comentários que, devido à nossa formação, não ousamos publicar. Nunca, em nenhum momento, nos posicionamos como detentores de todas as perfeições possíveis para o exercício da profissão. Nunca nos colocamos como os paladinos da Gramática, da Língua Culta, das regras que regem a nosso Português e também nunca expusemos colegas ao ridículo. O que sempre nos regeu para a manutenção deste blog foi a tentativa de discutir os trilhos pelos quais o jornalismo, principalmente o paraibano, vem seguindo nos últimos tempos. Nada que não se tenha visto décadas atrás, mas que hoje é muito mais “escancarado” e muito mais, disfarçadamente, revestido de jornalismo ético e moral. Só não sabemos explicitar que moral e que ética são estas. Ameaças e acusações nos são enviadas via twitter e pelo canal de comentários do blog. Mas afinal em que estamos pecando? Em que momento falhamos quando da exposição de algum erro com sua possível correção? Nesses oito meses de constantes análises de conteúdos e distorções jornalísticas nós também cometemos alguns poucos escorregões, porém sempre assumimos e deixamos publicados para que o nosso leitor também veja e tire sua conclusão. E nesse pequeno tempo de vida pudemos notar mais fortemente que o jornalista tem o dom de analisar, criticar, opinar sempre em cima das situações alheias, mas quando o chega o momento de ler, ouvir, aceitar uma crítica, a receptividade é praticamente nula. O jornalista tem o dom de vestir a armadura do perfeito como se fosse um enviado de uma raça mais apurada e mais desenvolvida. E assim vamos seguindo o nosso caminho entre os que nos dão incentivo e os que nos desejam toda má sorte. Uma conclusão, pelo menos, já temos que é: em muitas redações o cuidado está aumentando por receio de se cometer algum erro para não sair no Bucho Furado.

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

NEM IEMANJÁ AGUENTA

Criatividade é uma coisa em falta em muitas televisões paraibanas, mas o que registramos acima nos deixa intrigados. Todos os cenários da TV Arapuan, com exceção do programa De Olho na Cidade com Jota Redondo Ferreira, foram confeccionados em AZUL. Afinal de contas o que terá inspirado o autor ou autores de tais obras primas? Ou terá sido a falta total da inspiração? Não são detalhes apenas conforme o nosso leitor pode observar. É um verdadeiro emaranhado de azuis por todos os lados e em todos os programas. Tudo bem que azul é bonito, fica bem na tv, tal e coisa e coisa e tal, mas a esse ponto de praticamente não existir mais nenhuma outra opção no espectro das cores é de doer na vista. Será que alguém por lá fez algum curso daqueles de fim de semana sobre tendências do Feng Shui, é fã do Superman, tem admiração pela arara azul ou é fã do Rei Roberto Carlos? Ou falta na copa um chazinho de semancol? Ficamos a debater sobre essa falta de noção criativa até que o gaiato de plantão, deste blog, gritou lá da copa: pode ir atrás que tem neguinho adepto de Iemanjá lá pelas bandas do Sistema Gregoriano. E aparece mais um gaiato nessa equipe só pra rebater: desse jeito meu amigo nem Iemanjá aguenta. Ela tem bom gosto. Estamos de olho!!!

terça-feira, 20 de setembro de 2011

CONEXÕES DE SEGUNDA

Ao sintonizarmos o Conexão Arapuan, clone do Conexão Master, ficamos mais uma vez impressionados com a falta de cuidado da produção em colocar o nosso governador em exercício Rômulo Gouveia numa cadeira totalmente desconfortável. Nos causou incômodo visual enquanto discutíamos o sofrimento nas nádegas do governador. Tão incômodo que até acentuou a respiração de Rômulo Gouveia. Deu pra ouvir. Pura falta de sensatez da direção da TV Arapuan. Um dos pontos mais fortes do Conexão Arapuan, apresentado pelo nosso colega Luis Cabelodetoldo Torres, foi ver as desmentidas de Rômulo em cima de muitas notícias que a nossa imprensa com tendência governista vem divulgando, em relação à viagem de Ricardo, como se Cuba fosse um paraíso de negociações empresariais, esquecendo que o país ainda está sob bloqueio econômico. Imprensa de calças curtas. Mudando para a TV Alex Master como o Conexão Master, apresentado por Alex Perfumes&Cia Filho, o entrevistado Veneziano Vital sempre de forma polida respondeu a todos os questionamentos mesmo os mais capciosos. Bom para o telespectador pessoense que pode ter mais conhecimento das necessidades e dificuldades da rainha da Borborema já que sempre existiu o “bairrismo” entre a capital e Campina de quem era maior ou melhor. João Pessoa sobrevive em condições bem melhores que a nossa Campina Grande. O gaiato dono deste blog grita lá copa com o copo de café na mão: vamos votar equipe. Dito e feito a votação foi de 1x0 para o Conexão Master em cima do clone Conexão Arapuan. Estamos de olho!!!

FALTA DE SENSIBILIDADE

Assistindo ao programa Sala de Reboco apresentado por Amazan, na TV Tambaú domingo passado, notamos que algumas falas do nosso poeta Jessier Quirino foram cortadas deixando passar para o telespectador como se fosse falha no áudio. Ficamos interessados nos motivos e ao pesquisarmos, descobrimos que o poeta, em alguns momentos, diz palavras(ões) sem nenhum senso de imoralidade e portanto em condições de serem veiculadas. São expressões pescadas no cotidiano popular do sertanejo como “pum”, “fela da puta” e "quenga safada" que escritas como estão aqui tem um peso muito maior do que o declamado por ele. A história é tão bem contada pelo poeta que até uma expressão mais pesada passa despercebida e sem conotação perniciosa. Falta de sensibilidade e de conhecimento dos responsáveis pela produção e pela edição do programa Sala de Reboco. O cancioneiro popular passa muito além de qualquer culto ao pornográfico como foi interpretado pelos responsáveis da TV Tambaú no momento de veicular os “causos” de Jessier Quirino. Pena constatarmos isso no ar. Estamos de olho!!!

FAZENDO DUPLA 1

Como foram muitas escorregadas dos nossos portais, nesta segunda, fizemos a divisão em duplas. Conforme nossas capturas, acima, a redação do portal Informe PB tem um sério problema com a acentuação de palavras proparoxítonas as quais são, sem exceção, acentuadas na antepenúltima sílaba. Esqueceram de acentuar “Público” e “trâmites”. Erros imperdoáveis. Complementando a dupla trazemos o portal Correio nesta nossa postagem trazemos uma escorregada que nem dá pra classificar. Qual a intenção nesse texto: cearense morreu foi encontrado morto...? O responsável pelo texto deve ter ficado tão perturbado com o afogamento do cearense que se perdeu totalmente nas orações. Estamos de olho!!!

FAZENDO DUPLA 2

O portal Click PB, ao que parece, ficou tão empolgado com o aumento de gastos do governo do estado que encheu o título da matéria com a preposição “com” talvez na ânsia de enfatizar as despesas infladas. Fazendo par com o Click trazemos o portal ParaibaJá que tropeçou na manchete e atropelou os atletas do Fortaleza e do CRB que na possível arrumação atropelaram os esforços do Campinense Clube. Estamos de olho!!!

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

TERMELÉTRICA OU TERMOELÉTRICA?

Usinas termoelétricas são possíveis escapatórias para uma futura escassez de energia. São construídas para, de preferência, não serem usadas. São poluidoras e estão na contramão do ecologicamente correto. Infelizmente estão vindo para o nosso estado. Se são imprescindíveis é outra história, mas o que nos traz a esta postagem é a dúvida que permeia entre nossos colegas jornalistas conforme captura acima e que permanece entre os componentes deste blog. Afinal a escrita correta é ‘termoelétrica’ ou ‘termelétrica? Que nos ajudem os nossos colaboradores que são especialistas na Gramática. Nós do BF aceitamos que a palavra é formada por: TERMO + ELÉTRICA. "Termo” exprime a noção de calor (dicionário Priberam) e vem do grego “thérmos = quente. Portanto termoelétrica é uma formação de palavras feita por hibridismo (formação com elementos oriundos de línguas diferentes) assim como TERMODINÂMICA e TERMÔMETRO. Ainda visitando os sites da Globo; o G1, e o da Folha observamos que eles não usam a palavra “termelétrico” e sim “TERMOELÉTRICO”. Razão da consulta é que esses dois grupos prezam pelo correto uso da nossa Língua Portuguesa apesar de a Rede Globo usar a palavra “recorde” como sendo proparoxítona. A sílaba forte está no “cor” e não no “re” como insistem em pronunciar, mas isso vai servir pra outra postagem nossa. Que venham os comentários pra nos ajudar a corrigir, pelo nosso entendimento, o uso desse da “termelétrica”. Estamos de olho!!! O gaiato grita lá da copa: por que não mandam essa usina de fumaça também pra Pernambuco ou fazem a troca pela Fiat? Só mandam poluição pra gente? Silêncio na nossa redação.

PORTAIS POLÍTICOS E PARTIDÁRIOS

O que procura um internauta num portal de notícias? Informação, informação e mais informação. E não só política, política e política, mas na Paraíba é diferente. O que se vê de portal preocupado apenas com os leitores sentados provisoriamente nas cadeiras das Câmaras, da Assembléia, do Senado, de governador e de prefeito, como se diz no popular não está no gibi. E conforme nossa captura do Mais PB, sexta passada, só vem confirmar o que afirmamos. Alguém consegue ler alguma notícia, na nossa captura, que não seja política? E com fortes tendências governistas? Cadê as reportagens de interesse da população? Se a nossa Paraíba é pobre a culpa não é somente da classe política. Uma boa fatia dessa triste constatação está também nas mãos da nossa imprensa que, ao que parece, está sempre com a mira apontada aos interesses particulares partidários. Alguém será tão inocente em acreditar que a imprensa não influencia nas urnas e para tal é utilizada? Estamos de olho!!

QUEM COPIA... TAMBÉM COPIA ERRADO OU NÃO

O pessoal do portal Iparaíba pra não se dar ao trabalho de produzir uma reportagem foi lá no G1 Economia e fez o famoso Ctrl+C e Ctrl+V sem fazer a devida revisão e deu nisso que mostramos acima. O G1 errou e a cópia do Iparaíba trouxe o erro também. Trocaram o acento de “mantém” com acento agudo pelo acento circunflexo. Já estamos esperando um comentário qualquer “metendo o pau” na gente com desculpas as mais esfarrapadas. Mas um erro de acento deve ser punido com o rigor da lei que rege a nossa Língua Pátria, a NGB – Norma Gramatical Brasileira. Para os indecisos ou desavisados é só entrar no rosário das aulas de São Francelino e rezar bastante para não cometer erros grosseiros novamente ou então vão cair na nossa peneira. Uma sugestão para todas as nossas redações: prática de 15 minutos 3 vezes na semana com um esquecido exercício chamado ditado. Será que ainda se pratica ditado nas nossas escolas? Quem pratica agradece e não esquece. Estamos de olho!!!
*** Após esta postagem e em atenção aos nossos leitores esclarecemos que: o verbo manter na terceira pessoa do plural modifica-se apenas no acento trocado de agudo para circunflexo. A dúvida ainda persiste se para a Nova Gramática essa acentuação permanece com essa troca. Pelo menos em se considerando as regras antigas, mas ainda legais, as postagens estão corretas. Aguardamos algum expert no assunto para nos livrar dessa dúvida nebulosa. Caso se confirme a legalidade todas as penalidades do Santo Francelino serão rigorosamente exercidas na redação deste blog.

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

O PLURAL MARCONE CAIU NO PLURAL

Com imenso pesar registramos uma escorregada do nosso colega Marcone Ferreira em seu blog, mas como nosso negócio é capturar e revelar os atentados gramaticais da nossa imprensa, não deixamos escapar. O título correto seria: Poderes se unem e decidem dar ‘banana’ à população. Com o tamanho do tumulto que vimos esta semana dá até medo do tamanho da banana que vem por aí. Estamos de olho!!!

*** As Pérolas da Semana estão logo abaixo.

ERRO QUASE INVISÍVEL

Qual seria o erro neste título do portal GiroPB? Rigorosamente nenhum, mas o que nos fez capturá-lo foi a descoberta dele às 21h desta quinta. Isso mesmo. Às nove horas da noite. Como é que esquecem um título desses chamando para um evento que aconteceu 12 horas atrás? Puro descuido dos responsáveis pelo GiroPB. Afinal um portal de notícias pode ser acessado o dia todo portanto deve estar sempre atualizado. Estamos de olho!!!

*** Baixe um pouco mais e se delicie com as Pérolas da Semana.

PÉROLAS DA SEMANA

Como ficamos devendo as pérolas da semana passada, reunimos as duas últimas semanas numa só. E deu nisso que podemos revelar como verdadeiros atentados terroristas contra a nossa Gramática. Leia, reflita e evite coisas desses tipos.

- Cafu reincide (seria rescinde) contrato com o Campinense – Prof. Açúcar União
- Uma coisa importante é a importância desses jogos – Prof. Açúcar União
- Uma blitz de bandidos feito aqui – Fábio Irmãodeninão Araújo
- A premiação dos participantes já está sendo montado – Rebeca Querserrepórter Ricarte
- Inspirados pelos filmes, fazem do esporte/arte uma inspiração – Rebeca Tentantofilosofar Ricarte
- Entre eu e você (o correto é entre mim e você) – Jota Minhavovozinha Jr
- Segunda Polícia o preso ... – Samuka Humildade Duarte
- O menino, único filho, foi morta – Samuka Humildade Duarte
- As bandas também impressiona – Richele Irmão de Rochele Tio deTodo Mundo Odeia o Cris
- Local onde ocorreu os desfiles – Carla Torresmim Arantes
- Pelo importante contribuição – Thaisa Feitadecal Aureliano
- Tu sabe o que significa isso? – Laura Cantinhodeparede Luna
- Com a pulga atrás da orelha ou por detrás da orelha – Fabiano Indeciso Gomes
- Pela copa da impressa (seria imprensa) – Fabiano Faltando Gomes
- Daniela, você quer bem “acunhado”? – Fabiano Táextrapolando Gomes
- Se eu tivesse tempo taria em Zarinha toda noite – Fabiano CriouoverboTar Gomes
- As famílias precisam se reencontrarem – Fabiano Precisa Enncontrar a Gramática Gomes

Nós do Bucho Furado sabemos que alguns escorregões acontecem apenas por puro descuido. Mas para quem pretende se firmar como comunicador não possui, nem de longe, permissão para cometer erros gramaticais como muitos acima. Estamos de olho!!!

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

QUEM É MESMO O TERRORISTA?

Esta semana vem sendo marcada por informações desencontradas e clima de insegurança entre alunos das escolas de João Pessoa. Segurança mesmo não existe totalmente e não é de hoje, mas o que podemos concluir com as notícias veiculadas é que quem mais plantou o terrorismo na população foi o Sistema Correio com seus plantonistas da desgraça alheia. Acreditamos até que os integrantes da Al Qaeda devam ter escrito uma carta de agradecimento por tanta publicidade dada a eles. Pela postagem capturada do portal Correio dá pra o nosso leitor ter uma mínima ideia do que foi propagado no jornal, nas rádios e na tv. Pena que a população só vai se conscientizando aos poucos que nem tudo aconteceu com a proporção que o Correio divulgou. Realmente aconteceram algumas investidas contra escolas, mas até agora não se sabe se são adolescentes que aproveitaram a situação para como se diz no popular “aparecer” ou se houve mesmo alguma ordem direta da facção. O certo é que o sistema Correio colaborou e muito para o sentimento de apreensão que paira no ar das escolas e também para uma boa campanha publicitária em prol da ‘nossa’ Al Qaeda. Estamos de olho.

COISAS DE COLUNISTA

Quando um colunista não tem o que escrever inventa coisas do tipo: curtas, rápidas, toques e retoques e outras ‘frescuras’ pra disfarçar a falta de criatividade ou os efeitos da ressaca. Imitando esses danados, vamos dar umas rapidinhas.

Cliente esperto
Tem cliente que chegou na Paraíba e fez uma varredura de quem podia e não podia fazer seus comerciais. Algumas “estrelas” que se julgam estrelas foram descartadas. O cliente foi à procura de quem pode agregar credibilidade à sua marca; coisa escassa pelas tvs e rádios paraibanas.

Vexame no ar
A maioria dos locutores de FM fala as mesmas besteiras, as mesmas gracinhas sem graça, as mesas escorregadas. Esquecem de ler. Ler livros. Nesta quarta em nossas audições fomos surpreendidos, por volta das 18h, com a falta de preparo do locutor da Tabajara FM. Ele faz pontuação onde não existe e gagueja até nos textos dos clientes. E não é só ele não. Tem muito radialista que se atreve a ler, ao vivo, textos que já estão prontos na mesa, mas querem se dar ao luxo de passar vexame no ar.

Atenção produtores de pauta
Em breve deve abrir uma vaga na Arapuan. Requisito: dar uma passadinha pela calçada da Cabo Branco e já tá contratado. Dizem que pela redação do Sistema Gregoriano rola uma "epidemia" que os especialistas chamam de Síndrome de Querer Ser Afiliada da Globo. Falta pouco. Uns 20 anos.

Quando falta energia
Alguns engraçadinhos apresentadores quando ficam fora do ar por causa de falta de energia assim que voltam a falar nos microfones ou diante das câmeras vão logo dizendo que voltaram com energia do gerador. Pura enganação. Só quem possui gerador aqui em João Pessoa é o grupo da Cabo Branco, a TV Tambaú e Tambaú FM e, e, e só.

TERCEIRIZAÇÃO NÃO É O FORTE DO CLICKPB

Conforme nosso leitor pode constatar pelas nossas capturas no portal ClickPB, terceirização não é bem o forte deles. E por duas vezes seguidas devem ter terceirizado a função de Jornalista pra alguém sem habilitação para tal. Quando falamos habilitação é, pelo menos, saber escrever e respeitar as normas que regem a nossa Gramática. O gaiato lá da copa grita: será que tão fazendo como a Arapuan e pegando qualquer um pra fazer o trabalho de um profissional? Vai saber. O certo é que pra entrar no Bucho Furado tem que saber escrever e quem escorregar por aqui fica de joelhos com um caroço de milho embaixo de cada perna. Aqui a lei é das antigas. Do tempo em que se pegava Marinete na Lagoa, corria pra derrubar tanajura e furadeira só pra parede, madeira ou ferro. Osso não. Estamos de olho!!!

DIÁRIO DO CARIRI FOGE DA AULA

Pela nossa captura, acima, o pessoal do blog Diário do Cariri deu uma fugida bem na hora da aula de Português. Onde será que eles encontraram um “L” pra colocar no meio da fuga. Vamos interiorizar as bênçãos do santo protetor da nossa Língua Portuguesa pra ver se não cometem mais atentados contra nossa gramática lá pelas bandas do Cariri. Outra escorregada também foi a falta de tratamento para com a Polícia. É Polícia e não política. A Polícia merece começar com "P" maiúsculo. Estamos de olho!!!

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

TRIBUNAIS DA IMPRENSA PARAIBANA

Como classificar parte da nossa imprensa que se mostra indignada com julgamentos de políticos somente porque esses políticos não fazem parte do seu rol partidário? Como classificar parte da imprensa que toma o lugar de juízes e julgam assumindo explicitamente o lado mais sombrio do jornalismo que é o de tendência político-partidária? Esperamos o final do julgamento do prefeito de Campina para nos pronunciar não sobre o julgamento, mas sobre as pressões tendenciosas de alguns colegas de profissão que insistem em definir, por meio de seus textos, o resultado de processos ainda em andamento. Não somos inocentes de achar que opinião não seja dada, mas do jeito que vem sendo postada em blogs e sites dá até medo do que ainda possa sair das cabeças induzidas dos nossos colegas. É ataque contra Juiz que falou, ataque contra Juiz que ainda não se pronunciou, ataque contra Tribunais, ataque contra ataque e por aí vai. Nesta terça após a votação que inocentou Veneziano, no TRE-PB, chegamos a nos espantar com expressões relatadas pelo nosso colega Luís Cabelodetoldo Torres em seu blog, que usou palavras, praticamente, de revolta com o resultado. Termos como “dois pesos e duas medidas”, “corpo mole”, “TRE vira ameaça para Ricardo Coutinho”, “desembargadores fizeram vistas grossas”, foram utilizados num texto que de analítico não tem quase nada. Alguém desavisado pode até estar pensando que elegemos o blog do Luís para “judas”, mas após visitar os demais blogs e sites políticos esse foi o que mais se despiu da prática jornalística. Até consideramos Luís corajoso, pois ele se mostra enquanto outros tentam disfarçar mesmo usando uma cortina fina. E assim vai se construindo um jornalismo em nosso estado que está muito além do objetivo de informar e opinar, mas sim em revelar e tentar impor posicionamentos que podem interferir nos destinos do próprio jornalismo, hoje tão atrelado a partidos e políticos situacionistas e oposicionistas. Tudo isso nos parece mais um carrossel de poucas cadeiras entre as quais alguns estão confortavelmente sentados, outros olhando esperando alguém cair para assumir a vaga e outros tantos só no picadeiro fazendo coro de torcida organizada. Estamos de olho e envergonhados com a nossa categoria.

O NORTE E O G1 RIO SINTONIZADOS NO ERRO

Conforme capturas recentes, os erros de digitação estão cada vez mais constantes em muitos portais do nosso estado. Pois não é que pegamos também o G1 Rio com, coincidentemente, o mesmo escorregão do nosso jornal O Norte? A pressa em se ver livre da notícia causa erros absurdos como o acusado que virou “acudado”e que permanecem sem nenhum responsável assumir o erro e corrigi-lo. O que se passa na cabeça dos dirigentes de certos meios de comunicação? Os erros são cometidos e lá ficam até... sabe-se lá Deus. Estamos de olho e esperando que a revisão se torne uma rotina nas nossas redações.

INTELIGÊNCIA DE FABIANO

Apesar de alguns seguidores deste blog apostarem que perseguimos nosso colega Fabiano Épramimoupraeu? Gomes não é verdade. Nós pegamos no pé mesmo é dos escorregões da nossa imprensa imprensada. Mas é justamente sobre as estratégias de Fabiano que vamos nos debruçar. Hoje nós consideramos o apresentador do Correio Manhã, TV Correio, um dos mais espertos radialistas que estão no ar no nosso estado. Ele consegue conduzir um programa de uma hora, no ar de segunda a sexta, com pouquíssimas reportagens, poucas informações, mas cheio de comentários, danças desengonçadas, brincadeiras, atrapalhadas dos mofis e outras peripécias. Então como não elogiar o radialista? Ele sem dúvida consegue conduzir o Correio Manhã sem atrativo informativo nenhum e mesmo assim ainda obteve nas últimas pesquisas o primeiro lugar. Tiramos o chapéu para Fabiano e toda sua estratégia envolvente com os demais componentes da equipe do programa. Estamos de olho!!!

terça-feira, 13 de setembro de 2011

UM DIA APÓS O 11/09 JN COMETE ATENTADO

O que está acontecendo lá pelas bandas da Venus Platinada; a toda poderosa Rede Globo? E especialmente com a produção do mais importante telejornal do nosso país? Não é de hoje que alguns erros primários são cometidos no Jornal Nacional. Coisa rara até bem pouco tempo atrás. Mas o atentado cometido contra nossa sofrida Língua Pátria, nesta segunda, foi daqueles de fazer o queixo cair. Imagine o nosso leitor o que se passa na cabeça de milhares de telespectadores do JN acreditando que a grafia destacada na nossa captura foi escrita corretamente? Mesmo com a devida desculpa e retificação feita por William Galã Bonner, após a veiculação da reportagem, o erro foi estampado para todo o Brasil. Com a seriedade que, acreditamos, existe no JN, alguém por lá perdeu o emprego ou pelo menos deve ter ouvido uma reclamação daquelas que qualquer ser humano decente gostaria de apagar da memória. Erros desse tipo em televisão são 100% imperdoáveis. Louvamos a honestidade do Jornal Nacional que manteve, em seu site, o vídeo com o erro e a correção feita pelo apresentador. Honestidade também praticada pelo Bucho Furado. Estamos de olho e procurando o contato de Bonner para indicarmos o endereço do Santuário de São Francelino. E só pra não passar em branco a grafia correta é: 80% abaixo da média.

PAPOS DA PAUTA

A história a seguir nos foi relatada por um internauta e nós transformamos em roteiro quase de novela.
Num certo dia, um certo repórter ao receber a pauta pôs-se a ler as poucas linhas existentes. Parou um pouco para pensar a respeito e retornou à redação da emissora com algumas indagações.

- Ei o nome do entrevistado é esse mesmo?
- Claro que sim.
- Vocês conferiram o nome do entrevistado?
- Com toda certeza. É esse o nome mesmo.
- Você checou? É esse mesmo o nome do entrevistado que devo procurar?
- Checadíssimo, mas por que você está perguntando isso?
- Porque o nome que está aqui na pauta como entrevistado, na realidade é o nome de uma rua e não é o nome do entrevistado.

De repente um silêncio e os olhares se desencontraram.
O autor da pauta travou o raciocínio e não soube mais o que dizer.
O repórter retirou-se com aquela sensação de quem não sabe mais onde está pisando. Afinal se não dá pra acreditar nos dados de uma pauta, em que ou em quem acreditar numa redação. Como é de conhecimento de todo jornalista, uma pauta tem por obrigatoriedade conter todos os dados necessários para a realização de uma reportagem. Um produtor de pauta não tem o direito de errar em nenhum dado coletado que servirá de alicerce para a futura matéria. Ah, sim! A pergunta fatal: onde foi que aconteceu essa cena tragicômica? Na redação do sistema Gregoriano; TV Arapuan. Com essa nós preferimos fechar os olhos.

CONEXÕES DE SEGUNDA

Como já é de costume ficamos na espreita dos programas político-partidários que são veiculados na TV Arapuan e na TV Alex Master, segundas à noite. O Conexão Arapuan, clone do Conexão Master trouxe o deputado do povão Toinho do Sopão, na sua simplicidade, dando aula de economia para Luis Cabelodetoldo Torres e demais colegas de programa com dados reais e práticos da economia informal. Do outro lado o Conexão Alex Master, da TV Alex Master, começou com todas as pendengas já maciçamente mastigadas, há  semanas, a respeito da cassação ou não do prefeito Veneziano. Convidaram até o radialista Célio Quasehumorista Alves na demonstração mais uma vez que, na Paraíba, estão confundindo a profissão de comunicador como sendo a pessoa possuidora de opinião balizada sobre tudo. E em se tratando de política, o nosso jornalismo está cada vez mais para outra coisa qualquer que não seja o Jornalismo estudado e debatido nas carteiras da Academia. O bom mesmo foi ver o conceituado advogado Marcos Pires, às 23h45 dar a valiosa informação de que a miss Brasil estava, naquele momento, entre as cinco finalistas do concurso Miss Universo. Engraçado que esse evento era transmissão exclusiva da TV Bandeirantes concorrente da Rede TV que mantém a Arapuan como afiliada. Seria um caso de traição dentro da própria casa ou o assunto do Conexão Arapuan estava por demais interessante? Estamos de olho!!!

TV VIRA ESCRITÓRIO DE PREFEITO

Como já é de conhecimento de todos, o prefeito/pastor/radialista Jota Minhavovozinha Jr voltou ao vídeo desde o mês passado. Mas uma dúvida sempre esteve no ar: como ele iria conciliar as demandas políticas do cargo de prefeito com as demandas naturais do retorno ao microfone e às câmeras? Uma forma autêntica e eficaz foi encontrada pelo ator/prefeito/radialista que foi a de investir em um escritório perto do trabalho da comunicação. Perto, tão perto que nem precisa de automóvel para se locomover. O local? Dentro da própria emissora na qual trabalha. Dentro do sistema Gregoriano. Sem dúvida nenhuma uma opção inovadora e inédita para evitar possíveis atrasos na entrada no estúdio do Cidade em Ação. Esperamos que esta estratégia aconteça apenas momentos antes de entrar no ar. O povo de Bayeux, diariamente, o aguarda por lá. Estamos de olho!!!

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

11 DE SETEMBRO E O JORNALISMO

O nosso leitor deve estar se perguntando pra que vamos falar sobre esse acontecimento? Não exatamente sobre os acontecimentos, mas sobre as divulgações, direções das informações a respeito. O fato que comoveu o mundo e o fez pensar sobre si mesmo ainda hoje mantém lacunas que não foram devidamente fechadas nem explicadas. Vamos nos ater ao possível avião que atingiu o Pentágono. Muitas fotos foram tiradas logo após o incêndio e as dúvidas ainda permanecem abertas. Como um avião teria batido no prédio exatamente da maneira que divulgam até hoje? Oficialmente um boeing bateu no Pentágono sem derrubar o andar superior. É como se o avião tivesse estacionado sem danificar o teto, pois este só caiu momentos depois. As conclusões não oficiais são que: um carro bomba teria explodido no subterrâneo ou um míssil pode ter causado a explosão. Dúvidas vivas dez anos depois. Afinal onde estão os destroços do avião? Por que cobriram o jardim de brita imediatamente depois do incêndio? E assim vivemos no mesmo patamar das informações desencontradas que acontecem no nosso estado. Reproduzem-se notícias como se fossem reproduções de releases sem questionamentos. Os que indagam, muitas vezes, são hostilizados por colegas de profissão como se a sociedade não fosse o fator principal para a própria propagação da informação. Assim como se desmente um possível carro bomba no Pentágono no dia 11 de setembro, por aqui se fala e se desmente os casos das furadeiras, se fala e se desmente sobre permutas de terrenos, se fala e se desmente sobre cassações e processos. É por isso que conceituamos de pobre imprensa paraibana. Jornalistas que escrevem sua história sem credibilidade e que mesmo assim continuam na conduta escolhida. Meios que ontem criticavam veementemente e hoje elogiam indiscriminadamente. E a história vai se construindo assim: com meias verdades e meias mentiras. E nós? Continuamos de olho!!!

G1PB INVENTA BAIRRO E NÃO DISTINGUE GÊNERO

A falta de cuidado nas postagens do novo G1 Paraíba vem rendendo matéria prima para nós do Bucho Furado. Conforme as duas capturas acima o pessoal do portal arranjou uma nova denominação para o bairro Valentina de Figueiredo e a distinção de gênero não é o forte deles. Conforme nossa caputra se confundiram entre menino e menina já que concordaram o verbo "salvar" com o feminino quando na realidade foi um menino que sofreu o ataque. Falta de revisão? Descuido? Pressa em postar? Apenas o pessoal do G1 Paraíba pode dar a resposta. Por aqui só confirmamos ao nosso leitor que a vítima do ataque do pit bull foi a uma criança do sexo masculino. Estamos de olho e já já cobrando pelas revisões que deveriam virar rotina nas nossas redações e não são.

ESTUPRO DUPLO EM PORTAL DE NOTÍCIAS

Conforme nossa captura no portal de notícias GiroPB alguém por lá cometeu um verdadeiro estupro contra a nossa Língua ao noticiar um estupro físico e ficou por isso mesmo. "Pena" que não existe punição prevista no Código Civil obrigando o infrator da nossa Gramática a prestar serviços em prol da profissão frequentando regularmente o Santuário do protetor da nossa Língua, em nossa cidade, São Francelino. Ele é facilmente encontrado em algum cursinho para concursos em João Pessoa. Outra opção para a penitência está também em se submeter às reciclagens estipuladas pela beata Zarinha que também preserva o bom cumprimento da nossa sofrida Língua Portuguesa. Estamos de olho!!!

BLOGUEIRO NÃO REVISA E GAGUEJA NA POSTAGEM

O nosso colega Luís Cabelodetoldo Torres vem tão empolgado, ultimamente, em publicar qualquer notícia referente ao prefeito cabeludo e o processo que pode cassá-lo que está ficando descuidado com a revisão. No título capturado, por este blog, no blog do Luís a preposição usada ficou duplicada num notável desleixo na hora de publicar. A pressa e a falta de revisão, pelo jeito, se alastra e pega também o promissor colega de profissão Luis Cabelodetoldo Torres. Estamos de olho!!!

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

JORNALISTAS OU ASSESSORES REDATORES DE RELEASES?

Nossa matéria prima está exatamente nos caminhos que trilham nossos colegas jornalistas. É senso comum que ninguém é totalmente imparcial, mas esses limites estão cada vez mais elásticos ao ponto mesmo de jornalistas se mostrarem mais jogadores contratados em defesa do “seu” time. Durante esta semana alguns colegas nossos fizeram tantas pressões para o TRE dar a cassação do prefeito de Campina Grande que não podem mais serem considerados jornalistas e sim assessores de comunicação de partidos. Em sintonia com nossas constatações resolvemos publicar, acima, o twitter que capturamos semanas atrás do nosso colega Laerte Cerqueira, e outro nesta quinta de Cláudio Goes, abaixo, que provavelmente esteve nas dependências do Tribunal Regional Eleitoral durante o julgamento de Veneziano. Pedimos autorização para publicá-los. Que o nosso leitor tire suas conclusões. Estamos de olho!!!

MUDANÇA DE PLANOS NO BUCHO FURADO

Toda equipe do Bucho Furado já estava com quase tudo pronto pra publicar as Pérolas da Semana, nesta sexta. Já tínhamos coletado pérolas de Rebeca QuerolugardeCarlaArantes Ricarte, prof. Açúcar União, Fábio Irmãodeninão Araújo, nosso amigo Fabiano Épramimoupraeu? Gomes e outros mais, mas uma informação nos chegou na tarde desta quinta e uma reunião de pauta foi imediatamente providenciada. Conforme captura nossa de um twitter que preferimos não revelar, nessas semanas de algazarra na Casa Epitácio Pessoa, popularmente conhecida como Assembleia Legislativa, os nossos amigos jornalistas, nos momentos de descontração, evocaram nada mais nada menos que o irretocável detetive Sherlock Holmes para descobrir o nome dos integrantes deste blog. Até onde chegarão os curiosos com essa investida em nossa direção? Por essa nem Arthur Conan Doyle, criador de Holmes, esperava. Nem nós também. Estamos até desconfiados que a Força Nacional que está na Paraíba tenha vindo para nos localizar. Será? Atenção todos integrantes do Bucho Furado. Desliguem seus telefones por tempo indeterminado e aguardem sinal de fumaça para novos contatos. Estamos de olho!!! E aos nossos jornalistas amigos investigadores podem demitir esse Sherlock que ele tá mais é pra Mário Fofoca.

SITE DA TV TAMBAÚ PRA LÁ DE ATRASADO

Qual a intenção de se implantar um site de uma tv? De um meio de comunicação? Essas respostas o telespectador não vai encontrar no site da TV Tambaú. Quem acessa o site só tem decepção. Os programas não são atualizados, somente alguns vídeos são disponibilizados, além de notícias totalmente ultrapassadas de meses atrás como a que capturamos sobre os episódios inéditos de Chaves. Outra curiosidades.
1 – Por que insistem em manter a foto de Rachel Shererazade se ela não faz mais parte dos quadros da emissora há meses?
2 – Por que aparece Aldo Shuler como apresentador do Tambaú Notícias se ele não apresenta mais?
3 – E ainda sobre Aldo. Cadê a foto dele assim como as dos outros onde tem até a de Rachel?
Site desatualizado ou não? Típico de departamentos de marketing: inventam, mas não cuidam das invenções. Estamos de olho!!!

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

E AS FURADEIRAS?

Apesar de todo sofrimento que os pacientes do Trauma e do Trauminha devem estar passando por causa do uso das famosas furadeiras domésticas usadas nas salas de cirurgia nós do BF soubemos que, em breve, novos equipamentos estarão à disposição dos hospitais do nosso estado. Como todos sabem as furadeiras são de marcas famosas como Bosch, Black and Decker e outras chinesas. Pois bem. Soubemos de fonte fidedigna que algumas dessas fábricas fazem parte daquelas que se agregam à Fiat de Pernambuco (de Pernambuco) e que breve breve estarão se instalando em nosso estado. Esse fato se concretizando lá pelas bandas de 2014, teremos furadeiras novinhas novinhas pra furar o quengo de muita gente. Isso tudo é claro enquanto precisarem furar a cabeça do cidadão comum. Quando essas furadeiras chegarem perto da cabeça de algum parente de deputado, vereador, governador, prefeito, tudo será resolvido rapidinho e os craniótomos serão adquiridos dispensando até licitação. Alguém duvida? Antes que alguma “criança” comente, não somos bancados por oposição ou por situação. Saúde não pode ter lado e sim solução. Mas na Paraíba é diferente. Por isso é pobre. Desconfiamos até que tinha jornalista torcendo pela cassação de Veneziano já nesta terça só pra repercussão abafar o barulho das furadeiras na cabeça da população pobre. Nós deste blog esperávamos inocentemente que até aqueles amigos jornalistas que divulgaram imoralmente contracheques de médicos, publicassem também um orçamento revelando o valor de um craniótomo. Fica aqui a nossa sugestão. E o gaiato de plantão grita lá da copa: vai ter neguinho colega da gente que vai pegar uma dessas furadeiras pra furar o bucho da gente. Estamos de olho!!!

7 DE SETEMBRO É DIA DA INDEPENDÊNCIA

O mal do jornalista é achar que sabe de tudo. E na Paraíba é que a coisa pega. Ontem durante as nossas passagens pelas tvs locais descobrimos que o hino referente à data do 7 de setembro praticamente não é lembrado. Alguns programas, sem pesquisar a respeito, insistiram em executar parte do Hino Nacional e não o Hino da Independência. Foi assim no Feminíssima com reportagem de Laura CantinhodeParede Luna falando apenas das palavras difíceis do Hino Nacional. E com direito a comentários da apresentadora Marcele Achaqueéxuxa Mosso. Foi assim também no Correio Verdade, TV Correio, que executou o Hino Nacional. Nos programas do meio dia quem se salvou foi o Cidade em Ação, TV Arapuan, com Jonas Batista que encerrou o programa com o verdadeiro tema do dia; o Hino da Independência. À noite apesar de o Plantão da Cidade, TV Tambaú, ter reprisado a dispensada reportagem com Laura, mostraram também uma reportagem fazendo alusão ao Hino da Independência. Não explicou quase nada, mas saiu pela tangente. Representação mesmo da data não se viu nada. Ano que vem completamos 190 anos de independência. Será que vão pegar as mesmas pautas deste ano. Tomara que não. Criatividade prá lá de zero. E olha aí, abaixo, a agilidade da nossa Prefeitura em corrigir a melada na placa que postamos, dia 6, reproduzindo foto da nossa colega Haryane. Bom seria que tivessem essa agilidade para resolver a buraqueira que se alastra em nossa cidade. Estamos de olho!!!

FIDELIDADE JORNALÍSTICA OU FALTA DE REVISÃO?

Como podemos classificar essa repetição da vogal “e” no título que capturamos no portal Mais PB? Seria o que chamamos de lealdade na reprodução ipsis litteris da fala do entrevistado? O nosso colega do portal Mais PB foi tão fiel à fala do advogado do cabeludo que até a gagueira foi repetida. Dizem que dar entrevista sempre provoca algum nervosismo. É o que deve ter acontecido com o defensor do prefeito Veneziano,  mas retratar esse nervosismo numa repetição de vogal no texto do portal foi demais. Isso é que é fidelidade jornalística. Estamos de olho!!!

terça-feira, 6 de setembro de 2011

PLACA DA PREFEITURA DE JOÃO PESSOA AGRIDE NOSSA LÍNGUA

Essa captura nós fizemos do twitter da nossa colega Haryane Arruda, que pelo jeito também está atenta às agressões praticadas contra a nossa sofrida Língua Pátria. Será que o autor da placa incorporou a regra que nos ensina que antes de “P” e “B” se escreve “M” com tanta convicção a ponto de nem notar que independência não tem “m” nenhum? O gaiato de plantão grita lá da copa que quem confeccionou a placa no Corel ou mesmo quem adesivou a placa deve ser fanho. Por isso imprimiu “indempendência”. Será? Estamos de olho e tristes pensando que algum turista já deve ter visto essa ‘merda’ bem numa das principais praças da nossa capital. No bom nordestinês: vixe! Em tempo: mesmo sem pertencer à equipe deste blog, consideramos a nossa colega Haryane mais uma integrante do cordão do Bucho Furado.

PB1 CAPRICHA E DÁ DUAS NUM DIA SÓ

Duas escorregadas. Na primeira captura, o PB1, escorregou feio na concordância da categoria gramatical “Gênero”, ou seja, na concordância do masculino com feminino. A manchete correta seria: Projeto das Organizações Sociais é discutido em reunião... Lembrando: o verbo concorda com o sujeito, em toda e qualquer oração. Básico. Na segunda captura nossos colegas do portal PB1 esqueceram de substituir a foto de Hugo Chaves para colocar, certamente, a do governador Ricardo Coutinho. A prova está na referência que mostramos que após o título ser clicado, a verdade aparece revelando que o projeto do Executivo é na realidade da Paraíba. Apesar da nossa imprensa oposicionista tentar criar semelhanças entre o presidente da Venezuela e o governador da Paraíba, acreditamos mesmo que foi mais uma falta de revisão na hora de publicar a notícia. Estamos de olho!!!

PRESSA NA POSTAGEM E FALTA DE APURAÇÃO

Conforme capturas nossas o pessoal do Portal Correio teve tanta pressa em publicar a morte do presidente da Federação dos Cultos Africanos que não fez a devida apuração e deu nisso que revelamos. A prova está logo acima. Postaram e horas depois fizeram uma correção. Afinal o presidente tinha 59 anos ou 65? E a foto, para nós, não seria também do presidente da Federação, Walter Pereira já que há anos ele possuía cabelos brancos. Exemplo puro de escorregão numa das regras primárias do Jornalismo que seria a da apuração; da certeza das informações antes de publicá-las. Estamos de olho!!!

FALTOU ALGUMA COISA NO TÍTULO

O mal da falta da revisão pegou o pessoal do portal Mais PB de jeito. Precisamos fazer uma reunião para tentar retificar o título que capturamos. Digitaram e não revelaram exatamente qual a fala de Benílton Lucena. Todos sabem que os dois pontos foram colocados para, logo após, relatar uma fala do vereador. Com a leitura da reportagem podemos até nos atrever a fazer a devida correção: Benílton Lucena: se engana quem pensa que resolução muda planos de Luiz Couto. Estamos de olho acreditamos que acertamos na correção em cima do título do Mais PB.

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

TROCOU DE ROUPA E ESQUECEU O PORTUGUÊS

Não é mais novidade que o portal Paraiba1 trocou de roupa e virou G1Paraíba, mas o que nós esperávamos também é que, seguindo a nave-mãe G1, erros grosseiros como este que capturamos não acontecessem. Recomendamos urgentemente aulas básicas de Gramática com o professor Francelino quem intitulamos, carinhosamente, de São Francelino já que fomos alunos dele e sabemos do carinho dele para com o nosso aprendizado. Voltando ao escorregão para resolver a questão era só perguntar ao verbo quem foi assaltado, ou seja quem sofreu a ação do assalto? Resposta: as agências dos Correios. Portanto e fazendo a devida correção temos: Agências dos Correios de 2 cidades são assaltadas em uma hora. Estamos de olho!!! Agora adivinha quem nos enviou esta escorregada do G1 Paraíba? Nada mais nada menos que um dos maiores fãs do Bucho Furado: nosso colega Mofi. Isso mesmo Emerson Hajadente Machado.

AULA DE CONCORDÂNCIA NO PB AGORA

Há seis meses apenas que estamos no ar, com este blog, e a maioria das nossas postagens é referente a atentados à nossa Gramática, mas ao que parece nossos colegas de profissão não levam muito em consideração o uso correto da nossa Língua. Isso é o que constatamos na última sexta no portal PB Agora que simplesmente publicou duas manchetes sem a devida concordância de uma regrinha bem simples do singular e plural. Na primeira a postagem correta deveria ser: Tumulto e tentativa de homicídio interrompem desfile cívico no bairro de Cruz das Armas. Tumulto e tentativa de homicídio equivalem ao pronome do caso reto “eles” e deveria ter o verbo interromper também no plural “interrompem”. Na outra captura mais uma falta de atenção para o verbo no plural. A frase correta seria: ... outdoors que dizem... Fácil até para uma criança de 10 anos, mas para alguns jornalistas... Estamos de olho!!!

SÓ PRA REGISTRAR

Só pra não passar em branco registramos três escorregões “bestas” por pura falta de atenção e revisão dos trabalhos executados no blog da Dilma, no Politica PB e no Portal Correio. Um pequeno descuido que provoca gracinhas entre os colegas e, não duvidem, pode provocar também descrédito. Coisa que vive em situação delicada na nossa imprensa atualmente. Estamos de olho!!!

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

O NORTE CAPRICHA NA MANCHETE

Todo mundo sabe que a manchete principal de um jornal impresso é o que se decide por último na confecção do informativo, mas essa que recebemos de amigos colaboradores do Bucho Furado, surpreendeu todos nós. Erros tão gritantes e juntos assim nem Chateaubriand esperava que um de seus jornais cometeria, após 103 anos de fundação. Até São Francelino deve ter sentido um frio na espinha quando leu tamanho descaso com a Língua Portuguesa. Aos nossos colegas jornalistas de O Norte, a gente PROPÕE um MÍNIMO de um mês de dedicação às aulas de Gramática no santuário de São Francelino ou ainda junto à beata Zara que muitos chamam de Zarinha. Um dos integrantes deste blog e sensitivo nos disse que sentiu a alma de Chateaubriand revirando no além. E o gaiato de plantão insinua que erros grotescos como estes podem sinalizar insatisfação ou motivação para ser demitido. Quem terá sido o autor? Estamos de olho.

*** Logo abaixo tem as pérolas da semana

MAIS PB DIVULGA TÍTULO E RAPIDAMENTE TROCA

Conforme nossa captura no twitter do portal Mais PB a manchete da reportagem usava palavras não tão condizentes com um portal de notícias que pretende manter um certo nível linguístico. Mas em se tratando de um portal mais político partidário, muito comum em nosso estado, o uso dos termos “cochilo” e “vacilo” caem bem onde estão. Só que não sabemos o motivo de terem mudado o título com tanta rapidez. Quando acessamos a primeira vez, a manchete reproduzia ipsis líteris a digitação do twitter. Minutos após a publicação, fizeram a troca pelo que nós também capturamos. Ficamos imaginando o que se passa nas mentes produtivas do pessoal do portal Mais PB pra ficar trocando títulos de matérias como fizeram hoje. Teriam se tocado pelo tratamento meio vulgar para com um senador ou seria a repetição do mal que assola nossas redações a pressa em divulgar uma informação sem a devida revisão? Estamos de olho e na dúvida ainda.

*** Baixe mais um pouco e aprenda com as pérolas da semana. Não sabemos o quê.

WSCOM ‘CAUSA’ EM TÍTULO

O que dizer de um título tão “escalafobético” como este que capturamos no portal WSCom? Teria sido algum estagiário com uns 15 anos que escreveu? PMN causa? Causa o quê? Seria do tipo: causou geral? Ou ainda: arregaçou mano? Estamos de olho e querendo saber de onde veio esse novo linguajar jornalístico usado no portal WSCom. Estamos de olho e acreditando que quiseram dizer que o PMN acusa Edna de piratear obras. Títulos desse jeito podem causar é demissão.

*** Agora vai. Logo abaixo tem pérolas sem valor nenhum.

PÉROLAS DA SEMANA

Por meio de um informante veio, novamente, a notícia que tem um colega nosso se aprimorando no Português para desaparecer de vez das nossas capturas nas pérolas da semana. Enquanto isso não acontece vamos publicando e, dessa vez, fazendo alguns comentários a respeito.

- Como os meteorologistas preveram – Rodrigo Atétu Bocardi
- Toda renda arrecadada com os BigMacs é revertido – Meire Alves Miudezas
- Olhos e cílios também possuem funções específicas (se não me dissesse jamais teria descoberto) - Rebeca Quer Filosofar a Força Ricarte
- Beijos para Túlio e Priscila que faz aniversário hoje – Marília Gimenez Lima (e é porque São Francelino já deu entrevista lá)
- Existe algum colírio que podemos usar diariamente? – mais uma de Marília. O médico já tinha dito duas vezes que remédio só com avaliação médica.
- A conjuntivite provoca a perda da acuidade visual? – Marília Gimenez  Lima (Ela tava na tv ou num simpósio de oftalmologia?)
- Daqui a pouco vem os alô – Emerson Frankstein Machado
- Vai ficá só as bomba – Emerson Frank Mofi
- Bairro de Crui das Armas – Emerson Frank Machado
- Saiu de Cajazera e não tinha diabete – Emerson Frank Mofi
- Um tiro tira a vida de uma vítima – Emerson Frank Mofi (com essa a gente puxou a tomada)
- Avião de pequeno porte é um avião pequenininho – Samuka Humildade Duarte(a gente nem ia dormir se você não existisse pra nos esclarecer)
- Os cara que fizeram isso tá me assistindo – Samuka Humildade Duarte
- O socorro foi até o local, mas nada puderam fazer – Águia Voalonge da Gramática
- Através via Ciop – Águia Voalonge da Gramática
- Foi eu que deu o coice nela – Fabiano Épramimoupraeu Gomes
- Existem bons e más profissionais – Fabiano Játáfaltandodenovo Gomes
- Botou as tesouras pra moerem – Fabiano Faltando Gomes
- Ele o pinguelão – Fabiano Faltando Gomes
- Feito o resistro – Fabiano Faltando Gomes 

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

CONTRATANDO NUMA TV LOCAL

Após recebermos algumas dicas de um internauta sobre como se consegue uma vaga numa tv aqui em João Pessoa, ficamos imaginando como seria o diálogo. Deu nisso que segue.

- Você já trabalhou em tv?
- Trabalhei sim.
- Em qual?
- Cabo Branco.
- Tá contratado. Amanhã na redação como produtor de jornalismo.
- Ah, sim. O que você fazia mesmo lá?
- Serviços gerais.
- Sem problema. Mas não diga pra ninguém.

Alguém duvida dessa contratação?
Tem tv local que contrata gente só porque passou na calçada da afiliada da Globo.
Estamos de olho!!!

E NO LIGAR DAS LUZES DA REDAÇÃO

- Você viu aquela conversa sobre a oposição e a situação? Vou preparar meu texto agora.
- Quando você for publicar deixa mim ler antes.
- O que é que você disse? Mim ler antes? Desse jeito vai parar no Bucho Furado.
- Também... Ninguém pode escorregar em nada aqui que alguém dedura 'praquele' blog idiota.
- Idiota porque pegou você semana passada estuprando o Português.
- De jeito nenhum, meu filho. Eu tava certa e eles é que ficam fuçando a vida alheia.
- Tudo bem não vamos discutir, mas aproveita esse dicionário que o chefe comprou e faça uma consulta diariamente. Conselho de chefe.
- Ah, ta. Eu fiz o curso de Moisés meu filho. Tenho diploma do Cefet. E sou produtora. Já trabalhei na Cabo Branco, Tambaú, Miramar e na Corrreio.
- Em todas essas tvs?
- Não. Foi nas praias mesmo. Tv só a Correio como estagiária.
- E veio parar aqui?
Um silencio se fez presente até que alguém grita lá do cafezinho.
- Agora f...deu tudo. Se o pessoal do Bucho Furado recebesse salário eu pedia demissão agora mesmo e ia pra lá. Passei quase cinco anos estudando numa Universidade pra, agora, dividir a mesa com uma estagiária que pensa que sabe tudo e não sabe nem produzir uma matéria.
- Somos filhos da pauta mesmo.

A FALTA DA PREPOSIÇÃO “DE”

Quem lê a manchete do portal Paraíba Online vai pensar o que? Que chegaram mais 400 mulheres ao evento em Campina Grande, não é? Só que a falta da preposição “de”, antes 400, fez o leitor ter essa ideia errada. Na realidade foram mais de 400 mulheres na Conferência que aconteceu em agosto. Caso não existisse a preposição poderíamos concluir que poderiam ter até 800 mulheres. A preposição é pequenininha, mas faz uma falta danada quando é esquecida. Imagine a frase: vieram 50 cidades da região para a Conferência. As 50 cidades se deslocaram para a conferência? Com a preposição o sentido seria outro e correto: vieram de 50 cidades da região. Que São Francelino seja evocado dia após dia na redação do portal de notícias Paraíba Online. Pelo bem da nossa Língua Pátria e pelo bem do jornalismo. Estamos de olho!!!

GLOBO COM NOVO COMENTARISTA?


Conforme nossas capturas, acima, os redatores da Globo.com esqueceram do nome de Luciano Burti em duas postagens. Erro imperdoável para com a prata da casa. Ou será que existe um novo contratado com o estranho nome de Uciano. Vai saber. Vindo das bandas da Venus Platinada tudo é possível. Estamos de olho!!!