sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

FELIZ NATAL AOS AMIGOS E AOS "CONTRAS"

FELIZ NATAL
Pra vocês, Amigos,
Que respiraram fundo e fizeram das dificuldades, fora e dentro das redações, momentos de aprendizado de como ser companheiro e um bom profissional

FELIZ NATAL
Pra vocês, Amigos,
Que conseguem trilhar o caminho com dignidade, sem precisar puxar o tapete de ninguém, fato quase que banal no nosso meio


FELIZ NATAL
Pra vocês, Amigos,
Que souberam conquistar pessoas e vitórias sem usar da maldade e que conseguiram deitar à noite e dormir sem remorsos

FELIZ NATAL
Pra vocês, Amigos,
Que não deixaram se corromper pelo dinheiro fácil para divulgar mentiras e calúnias

FELIZ NATAL
Pra vocês, que tiveram um gesto amigo, um papo, um alento e estenderam suas mãos aos que mais precisaram

FELIZ NATAL
Pra vocês, que foram à luta, trabalharam honestamente em tantos lugares para ter um salário digno
 
FELIZ NATAL
Pra vocês, que presenciaram a pobreza do mundo a fundo, mas nem por isso perderam a esperança

FELIZ NATAL
Pra vocês, que são amigos, e pra vocês, que ao “contras” presentearam com o silêncio

FELIZ NATAL
Pra vocês, Amigos, que nos acompanham diariamente e que entendem o verdadeiro proprósito do nosso trabalho


FELIZ NATAL
Pra vocês, Amigos do “contra”, que também nos acompanham, tentam nos “pegar”, que sabem do nosso trabalho, até entendem, mas não aceitam as críticas

E O GAIATO DO BF GRITA LÁ DA COPA: FELIZ NATAL PRA TODO MUNDO E ESTAMOS DISPONÍVEIS PARA CEAR NA CASA DE VOCÊS. PARA ISSO É SÓ ENVIAR CONVITE EM NOME DA EQUIPE DO BUCHO FURADO PARA AS REDAÇÕES DAS TVS CABO BRANCO, TAMBAÚ, ARAPUAN, CLUBE, CORREIO E MASTER.

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

CONEXÕES DE SEGUNDA – VÉSPERA DE NATAL

Entre as conexões de segunda ficamos tão entretidos com o Conexão Master que quase esquecemos do seu clone o Conexão Arapuan, pilotado pelo nosso colega Luís Cabelodetoldo Torres. O encontro entre D. Aldo Pagoto e o Pr. Estevam nos fez lembrar que o Natal está bem perto e que esquecemos muitas vezes quem deve ser realmente homenageado. Os dois líderes religiosos foram felizes em suas colocações objetivas e racionais. De parabéns toda equipe de produção do Conexão Master que nos trouxe não a religião, mas a religiosidade que pode unir todos os homens. Pena que não foi o programa todo. Muitas vezes o Conexão Master estica o horário quando o assunto é política. Bem que poderiam dar mais tempo aos dois religiosos para podermos receber suas colocações e também para brindar os telespectadores com palavras de conforto e espiritualidade. Ficamos com aquele gostinho de quero mais. Perderam o grande filão da noite que, inesperadamente, surgiu: a lei da palmada. Houve um grande movimento no twitter quando o assunto foi abordado pela bancada. Toda essa atenção ficou bem menos atraente quando da entrada do Procurador do Estado Gilberto Carneiro falando em números de forma não muito esclarecedora. Do outro lado o Conexão Arapuan com Aracilba Rocha e Ruth Avelino cumpriu mais uma escala de revezamento para forçar a barra nos conturbados números do aumento salarial dos servidores públicos. Quem conhece um pouco de contabilidade sabe bem como tratar números. Estamos de olho!!!

DIÁLOGOS DE UMA REDAÇÃO

Há muito que queríamos relatar alguns diálogos que acontecem em certas redações da nossa pobre imprensa paraibana. Muitos colegas nossos não possuem o menor pudor em expor suas intimidades mais escabrosas diante de qualquer um que adentre seus ambientes de trabalho.

- Ontem quase não dormi. Estou morta.
- Por que?
- Fiz amor com meu amor horrores.
- E o que ele fez?
- Ele fez tudo e muito mais.
- Vixe que fiquei toda molhada agora.
- E no próximo fim de semana vou viajar e gastar.
- Vai com seu amor?
- Pra que? Pra empatar? Nammm.
- Que devassidão é esta?
- Quero só aproveitar e soltar a franga. Pra que guardar dinheiro?
- Pois eu estou toda assada. Quase não consigo sentar.
- Nem me fale uma coisa dessa que me arrepio todo.
- Eita que ainda estou com o cheiro dele no meu peito.
- Só no peito? hahahahaha
- Que horas são:
- Corre que o programa vai entrar.
- Entrar onde? Nem pensar que tô precisando de Hipoglós.
- Acorda biba e vai trabalhar. Solta esse Face.

E assim se gasta a maior parte do expediente. Produção que é bom quase não tem. E ainda tem gente que reclama do salário que recebe. Esses personagens nem deveriam estar trabalhando. Deveriam mesmo é estar perambulando à noite pelas calçadas da Epitácio Pessoa. Tristeza pra nossa categoria. Estamos de olho!!!

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

VENDERAM SARDINHA POR SALMÃO

Um dos grandes defeitos de nós brasileiros está em achar que sempre somos os melhores na música, nas artes plásticas, na computação, nas pesquisas e tudo mais. Mas como nosso assunto é imprensa, o que nos causa ainda espanto e a forçada de barra de muitos programas esportivos e seus jornalistas metidos a comentaristas em nos empurrar de goela abaixo a supremacia de Neymar como se fosse um novo Garrincha. Durante toda a semana vimos e ouvimos as pobres comparações entre o Santos e o Barcelona. Os exageros da nossa imprensa caíram por terra neste domingo quando Neymar e seu Santos pode ver de perto como se comporta uma equipe preparada para ser a melhor do mundo. Messi fez seu papel como mais um integrante de um time que não se resume a ele como santo salvador. Messi é um craque e neste item o nosso “Moicano” está bem longe do jogador do Barcelona. Quem assistiu ao jogo presenciou uma aula de como se jogar com técnica, arte e acima de tudo com dedicação fruto de um planejamento. Hoje nós podemos até arriscar que o time espanhol é uma seleção com capacidade de disputar uma Copa de Futebol. Homogeneidade e entrosamento demonstrou toda equipe do Barcelona e é assim que se ganha um jogo e, além do mais, de goleada. Nós do Bucho Furado ficamos somente imaginando o que a equipe do Esporte Espetacular estava fazendo enquanto via o nosso Santos levar um banho de futebol beirando a perfeição praticado pelo rival? A turma da Globo deve ter mexido em quase todo o programa acreditando que mesmo que viesse a derrota, não seria tão escandalosa. Ainda bem que não foi o exagerado e furão Galvão Bueno que fez a transmissão. O Barcelona além de ser o melhor do mundo também conseguiu outro feito: calar a nossa imprensa que fica vendendo sardinha por salmão quando compara Neymar e equipe com Messi e o Barcelona. Imagine só o nosso leitor o que vamos aguentar quando a Copa for no Brasil? Estaremos de olho!!!

TRISTES CONFRATERNIZAÇÕES

Semana passada foi uma semana de muitas confraternizações. Nós do Bucho Furado estivemos em algumas, mas as que mais nos impressionaram foram duas: a da Tambaú e a da Arapuan. A da afiliada do SBT foi feita na sombra, pra não dizer arrego, da festa do programa Criador e Cia numa churrascaria em Mangabeira que estava lotada até a tampa. A rádio peão diz que a comida acabou rapidamente e comida pra nossa imprensa é fundamental pra ninguém ficar falando depois. Já estão. A outra, a da Arapuan, foi tão boa que comentam que nem o dono apareceu. Soubemos também que muitos funcionários não se sentiram a vontade para festejar já que festa de confraternização sempre rola uma falsidade aqui outra acolá como se todo sofrimento do mundo acabasse ali. Engraçado que as duas emissoras, há algum tempo, estão fazendo contenção de despesas. Daquelas que não pagam horas extras na maior cara de pau, colocando em sacrifício seus empregados. E ainda querem que suas equipes tenham a mesma dedicação de outros tempos. Pura ingenuidade. Caso não tenham conhecimento fica aqui um ditado bem conhecido e oportuno para a Arapuan e a Tambaú: saco vazio não se põe em pé. É assim que alguns colegas nossos se sentem diante de tantos desatinos das direções dessas empresas. Esquecem que o salário, no final do mês, é simplesmente o pagamento de uma dívida. Dívida que os patrões possuem para com seus funcionários já que estes dão primeiro seu esforço para, somente após 30 dias, terem sua compensação. E quando essa compensação não vem acompanhada das horas feitas a mais? Insatisfação que leva à baixa qualidade. Ou os diretores não conseguem enxergar isso, ou merecem um óleo de Peroba. Estamos de olho!!!

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

PELEJA NO REINO DA EXPANSÃO

Ô Dudu faça o favô ajude os paraibano
Amigo não vem com essa que eu sou pernambucano
Mas você disse pra mim que a Fiat era boa
Pois fique sabendo agora
Quem tá vindo é Caoa

Bem que minha vó me disse
Que campinense é foda
Tá de olho em Suape
Pra mandar carro pra fora

Mas Dudu me dá um troco
Não me deixa feito bobo
Fique calmo companheiro que eu tenho coração
Já tá tudo acertado pra vinda dos alemão

E pra gente do quintal não vem mais nada não?
Só se o povo chinês for fazer escravidão.
Você já esqueceu?
Aqui é o Reino da Expansão!

Essa treta num tá boa
Por aqui vamo pará
Uma coisa só eu peço
Pra você não me enrolá

Se você falou demais
Pro povo paraibano
Suba logo na tribuna
E diga que foi engano

Por aqui quase não durmo
Dizem que vem até turco
Pra trazer dinheiro, eu quero
Deixá grande meu Pernambuco

Mas você pode descansá
Que catorze vai chegá
Vamo tá junto de novo
Pra campanha nós ganhá

Você que só me usa
Deixe de isso falá
Em catorze já tô forte
Só pra Cássio dispensá

Se continua assim
Contigo não falo mais
Me arranje logo emprego
Ou sai reto Satanás

Autor: gaiato metido a repentista do Bucho Furado

TV CARA DE PAU

A captura, acima, fizemos no twitter da TV Virtual UFPB, mesmo porque é somente nessa rede social que a “emissora” sobrevive. O que dizer de uma "emissora" que desloca sua equipe para gravar uma reportagem que nunca vai ao ar. E por um motivo muito simples: desde junho/julho a dita tv não veicula absolutamente nada. Pena para uma instituição, a UFPB, que tem a obrigação de preparar mão de obra para o mercado e esse preparo não passa das precárias estruturas do curso de Jornalismo e Rádio e TV. Para os forasteiros que aqui estiveram no Fórum de TVs Públicas, a tal TV Virtual UFPB deve estar funcionando a pleno vapor. Essa deve ter sido a ilusão simulada durante o evento. Mas como não deu quase ninguém da Paraíba, os visitantes devem ter saído daqui com falsas impressões. Imaginemos se o diretor da TV Iberoamericana, sr. Alberto Garcia, na foto acima, decidir pedir uma cópia da reportagem que ele acredita que participou? Mais. E se algum participante do Fórum procurar as reportagens no site inexistente da tv ou no youtube? Decepção. Bem que agora que a gente falou é capaz de algum espertinho publicar no youtube só pra fazer o “fake”. Mais tristes ficamos ainda em saber que nesta TV Virtual UFPB estão profissionais reconhecidos pelo mercado como o sr. Bob Wagner, sr. Fernando Caldeira, Daniele Huebra, Werneck Barreto, Welington Farias. Já descobrimos também que a nova data para a inauguração da TV Virtual UFPB é março. Será março de 2012? Esperamos que sim. Antes tarde do que nunca. Será que nosso colega Welington Farias vai dar o Troféu Cara de Pau de 2011 para esta “TV” durante o programa Correio Manhã? Estamos de olho!!!

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

PROCURADOR DESMENTE JORNALISTA

Fatos como o que relatamos abaixo nos causam tristeza e desestímulo para com a nossa profissão. Um dos nossos objetivos é o de debater sobre o jornalismo rasteiro que se pratica em nosso estado. Depois de lermos a carta do Procurador do Ministério Público do Trabalho, Eduardo Varandas, resolvemos reproduzí-la, em parte, por sentirmos que ela está em sintonia com os propósitos deste blog. Que os muitos estudantes do Curso de Comunicação, futuros Jornalistas e Radialistas, leiam e se informem a respeito do que os esperam no mercado de trabalho e para que possam fazer frente a casos como estes.

JORNALISMO IRRESPONSÁVEL
Eduardo Varandas Araruna
Não costumo responder ao que a imprensa publica a respeito de minha atuação como membro do Ministério Público da União. Sempre defendi a liberdade de expressão plena dos jornalistas e creio que um Estado Democrático de Direito não existe com censura à informação.

Contudo, ainda que eu seja um republicano, não devemos confundir liberdade de expressão com abuso de direito. Pois é! Sendo eufemístico, foi a isso, no mínimo, que o jornalista LUÍS TÔRRES procedeu em seu blog, ao estourar a manchete sensacionalista “TCU DESMENTE VARANDAS E NEGA CONCLUSÃO DE RELATÓRIO CONTRA CRUZ VERMELHA NA PB”.
Não devo explicações ao referido “folhetim” virtual. Não tenho o menor pudor em assegurar que meu trabalho é sério, imparcial e compromissado EXCLUSIVAMENTE com a legalidade e a Justiça. Aliás, se assim não o fosse, tamanha a quantidade de interesses que contrario neste feudo, os marginais de colarinho branco e gravata italiana já teriam estampado escândalos comigo na grande imprensa.
De toda sorte, a postura do senhor Luís Tôrres feriu minha moral ilibada e minha conduta funcional, e à sociedade, somente a esta, devo explicações na condição de homem público.
Asseguro que o post do jornalista é inverídico, irresponsável, tendencioso e transgressor da ética e dos primados da comunicação social. Desprezando os erros crassos cometidos por ele, confundindo TCE com TCU, MPU com MP-PB, reafirmo que, em nenhum momento, o TCU desmentiu a nota emitida pela assessoria de comunicação do MPT. Estou, em mãos, com auditoria realizada pela Secretaria de Controle Externo do TCU, por minha solicitação, onde os auditores, agentes públicos federais concursados, apontam CONCLUSIVAMENTE inúmeras irregularidades existentes na terceirização praticada no Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena.

BUCHO FURADO PROMETE E CUMPRE

Estivemos infiltrados na festa de confraternização da Secom na terça e na festa da Fiep nesta quarta e ninguém nos cumprimentou? Conversamos com muitos colegas de profissão e ninguém nos identificou? E pra quem duvida, vamos às revelações.
Festa da Secom
1 - Vimos vários colegas jornalistas e radialistas: Alex Filho, Pâmela Bório, Ivani Leitão, Ainoã Gemendo Geminiano cantando e tocando, Maria Helena Rangel, Haryane Arruda, Pe. Albeni, Dr. Roberto Cavalcanti, Eduardo Carlos, Nana Garcez, vereadora Raissa Lacerda, Laís Silveira, Bob Wagner, Fábio Bernardo, Henrique Kirilauscas, Gisa Veiga, entre outros.
2 - Não vimos: Haceldama, Verônica Guerra, Alexandre Coronago, Fábio Araújo, Caca Barbosa, Nilvan Ferreira, Luís Cabelodetoldo Torres (estranhamos), Gutemberg Cardoso, Jonas Batista, Marília Lima, Fabiano Gomes (estramos também), Emerson Hajadente, Samuka, entre outros.

Festa da Fiep
1- Estiveram lá: Verônica Guerra, Ivani Leitão, Dr. Roberto Cavalcanti, Dr. Buega Gadelha, Jonas Batista, Alexandre Coronago, Fábio Araújo, Cacá Barbosa, Raquel Monteiro (esteve na da Secom também), Laís Silveira, Bob Wagner e sua esposa, Fernando Santana (esteve também na da Secom), Vall França, Laura Cantinho de Parede, Rafaele Leite Desnatado (tava na da Secom também entrevistando), Jamacy Andrade (trabalhando pela Correio),

E pra quem ficou se debatendo sobre quais integrantes do Bucho Furado estiveram nessas festas, talvez tenha algum infiltrado na foto abaixo. Seria Papai Noel? Façam suas apostas. Estamos de olho!!!

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

HOJE TEM CONFRATERNIZAÇÃO

Chegando o fim de ano, os abnegados do Bucho Furado já começam a tirar algumas folgas já que tá difícil folgar nas empresas e passar o Natal ou o Ano Novo em casa. Estamos de olho nas BLs por aí. Para aguçar um pouco nossa imprensa e demais curiosos, nós do Blog Bucho Furado estaremos na confraternização da Secom da Prefeitura de João Pessoa. Eita que vai ter muita gente olhando desconfiada pra um lado e pra outro. Mas nós estaremos infiltrados e disfarçadamente tranquilos. Afinal, depois de tantos meses, estamos totalmente invisíveis e ressaltamos que se houver alguém por aí se permitindo estar no meio das dúvidas de quem pertence a este blog não acredite. Nenhum dos integrantes do Bucho Furado ainda foi revelado. Nossa segurança é mais forte que o Banco Central. Estamos de olho também em nós mesmos!!!

CONEXÕES DE SEGUNDA. SE ALGUÉM TEM ALGUMA DÚVIDA...

Enquanto as discussões pequenas tomam conta dos recantos políticos tentando sempre promover alguma ilusão na sociedade paraibana e, infelizmente, com apoio de boa parte da nossa imprensa, nosso estado vizinho cresce, cresce e cresce sem nem saber da existência da capitania paraibana. Esse tema foi o que moveu todo o debate no Conexão Alex Master ao mesmo tempo que o Conexão Arapuan, apresentado pelo nosso colega Luis CabelodetoldoTosado Torres, trouxe as discussões das contas políticas e econômicas do Tribunal de Contas do estado. Sem atrativo público. Para dirimir dúvidas dos avanços no Reino em Expansão é só o nosso leitor dar uma boa olhada nas capturas, abaixo, que fizemos em vários dias diferentes nos portais de notícias. Estamos de olho e temerosos que o Reino em Expansão, já já, comece a se apropriar de algum lugarejo da capitania subordinada por falta de espaço por lá.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

TV 'VIRTUAL' UFPB. PRA FORASTEIRO VER

Uma coisa que não se pode reclamar do pessoal da TV VIRTUAL UFPB é que eles sabem fazer divulgação. Só não se pode é confiar nessas divulgações. Há anos que nós, profissionais da área, esperamos para ver a tal tv que, ao que parece, existe apenas para algumas cabeças pensantes da Universidade Federal da Paraíba. Ela entrou no ar, funcionou, e depois sumiu. Engraçado é que nem os alunos do Curso de Comunicação que tanto querem ver a legalização do diploma, não sabem de nada a respeito de programas, nem muito menos do sinal que não existe. Meses atrás postamos sobre o fato da TV VIRTUAL UFPB não estar veiculando nenhum programa no tal canal 22 da NET. E, já passados, mais meses não vemos nada no ar. No começo desse ano disseram que o canal aberto estaria funcionando ainda em novembro. Ops, esse novembro deve ser o de 2012. E agora aparece o banner que promete para breve o que há anos a comunidade acadêmica e o mercado aguardam. O destaque que ampliamos revela parte do banner que esteve em exposição no Fórum de tvs públicas que aconteceu semana passada. Ficamos a imaginar que para os forasteiros o banner deve ter surtido efeito, porém para os paraibanos é somente mais uma pintura em cima de muro velho. Até quando vão fabricar notícias como estas? Vamos aguardar. Semanas atrás ligamos para a redação da emissora e ninguém soube dizer quando ela entraria no ar. Quem tentou nos responder, mais gaguejou que respondeu. Bem que podiam mudar o nome de TV UFPB pra TV TWITTER UFPB. Ela só existe mesmo no mundo virtual do twitter sorteando livros sem muita importância para a área. Como jornalistas remanescentes do velho Departamento de Comunicação, Decom, nem ousamos encerrar esta postagem com o “estamos de olho”. De olho em quê?

O VALOR DA VÍRGULA

Não é de hoje que a gente escreve a respeito. A falta de uma vírgula pode mudar totalmente um significado. No caso que capturamos no portal ClickPB dá pra notar que a falta das vírgulas causa prejuízo ao sentido que queriam dar na oração. Sem as vírgulas pode parecer que é uma segunda lei como se já existisse uma primeira. Um descuido muito comum nos textos publicados por nossos colegas de profissão. Abaixo mais alguns escorregões dos portais PolêmicaPB e G1Paraíba. Estamos de olho!!!

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

MAIS UMA BAMBAMBAM?

Uma tal de @sophiaofdreams, não sabemos por que causa de desespero, vem achincalhando os nordestinos e em especial os piauienses. Conforme nossa captura acima, ela não está poupando preconceitos e até mesmo seu ódio contra seus irmãos brasileiros. Mas enquanto a OAB e outras entidades devem mover processo contra a desinformada Sophia Fernandes, nós do Bucho Furado vamos processá-la também pela agressão contra nossa Gramática que ela deixa registrada em seu twitter. A torcedora do Grêmio é tão fanática pelo seu time que nem se deu conta de ter acentuado a palavra “Gremista”. A preconceituosa e “desgramatizada” Sophia está mesmo é precisando fazer uma viagem à nossa Paraíba para uma prolongada visita ao Santuário do nosso Santo Protetor da Gramática São Francelino. Será que ela terminou o ensino Fundamental? Estamos de olho!!!

*** Logo abaixo tem pérolas especiais.

PÉROLA I - SEM CENSURA

Já tínhamos guardado algumas pérolas para esta semana, mas todas caíram por terra com uma única desbocada do nosso amigo Fabiano Faltando Gomes que esta semana extrapolou, se é que ele ainda tem algo pra extrapolar, todos os desrespeitos para com o telespectador quando, tentando fazer firula em cima de um acidente de trânsito, saiu com a seguinte insanidade na televisão:

- Vou botar pra f...der – Fabiano Anacleto Gomes

Essa frase ele relatou para tentar descrever a situação de um motorista envolvido em um acidente automobilístico acusado de soltar as cachorras no momento da colisão. Ficamos a imaginar o que deve se passar na cabeça do nosso amigo radialista, jornalista, empresário, doutor em comunicação. Segundo informações que nos chegam do gaiato de plantão, o que o sr. Fabiano TámeameaçandoMajor Gomes quer mesmo, no dito popular, é aparecer. Aquele menino da sala que ninguém dá muito crédito e que para poder ser visto, solta um palavrão quando ninguém espera. Seria uma necessidade embutida de querer chamar a atenção para si? Mostrar pra todo mundo que é tal e coisa e coisa e tal? Esperamos que antes que a psicologia explique o próprio Ministério Público junto com a Anatel possam interferir e classificar desmandos como estes lá pras duas da madrugada. Pena que tem um dono que permite tudo isso. Estamos de olho!!!

PÉROLAS II – INCOMODANDO A REGÊNCIA

Todo mundo sabe daquela musiquinha que enche o saco quando algum amigo começa e não quer parar mais. Aquela que conta que um elefante incomoda muita gente. Dois elefantes incomodam muito mais. E vai em frente. Três elefantes incomodam muita gente... Quatro elefantes incomodam muito mais. Pois bem. Descobrimos que um grande colega nosso pode lançar uma nova versão para ela e isso, claro, é motivo de mais um destaque nosso para multimídia que infelizmente faz oposição ao PDPC – Paratido dos Defensores do Português Correto, Fabiano Gramático Gomes. Baseados em declarações dele mesmo, vamos revelar a versão inédita da música citada acima.

- Um elefante encomoda muita gente...
- Dois elefantes encomodam, encomodam muito mais.
- Três elevantes encomodam, encomodam muita gente...
- Quatro elefantes encomodam, encomodam, encomodam, encomodam muito mais.

E por aí vai. Até o infinito. Infinito dos atentados à nossa Língua Pátria. Como será que ele conjugaria o verbo “incomodar” em todos os tempos verbais? Pra quem acha que “a TV Correio vence a Cabo Branco em 80% dos programas locais”, não há motivo para se incomodar mais com nada. E pra não ficar só nesse incômodo, tem só a última dessa semana do mesmo autor falando com sua colega Gláucia Araújo.

- Você tá meia cansada – Fabiano Gramático Gomes

Depois dessa ela deve ter ficado toda cansada e não só meio cansada. Incomodada também.
Estamos de olho!!!

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

SUJEITO LONGE DO VERBO DÁ NISSO

Por nossa captura no portal Paraiba.com dá pra notar que muitas orações são esticadas ao ponto de causar confusão e desviar a atenção de quem realmente merece na frase. O sujeito da oração é: Lista. Então o verbo contar deveria estar, obrigatoriamente, concordando com a Lista que está escrita no singular. Mais uma pressa inimiga da nossa Gramática. Bem que podiam fazer uma reciclagem na nossa Língua Pátria nas redações dos nossos meios. Nós do Bucho Furado já estamos em plena cota de fim de ano para fazer uma caixinha pra já entrar 2012 fazendo uma visitinha ao Santuário de São Francelino, em algum cursinho da cidade, ou para tentar levar toda a nossa redação para uma reciclagem aos pés da beata Zara, ou seja, Zarinha. Se alguém souber de algum cursinho gratuito, por favor, nos avise, pois não temos patrocínios e tudo aqui sai de cotas propostas no bloco dos abnegados do Bucho Furado. Estamos de olho e aguardando colaborações. 

PROCURANDO O SUJEITO. DÚVIDAS GRAMATICAIS

No caso parecidíssimo, quase cópia, nas duas manchetes que capturamos nos portais Paraíba Já e PB Agora uma dúvida persistiu em perturbar nossas pobres mentes: quem são os sujeitos das orações? Em que tempo deveria estar o verbo “Divulgar” considerando-se que o sujeito seria nomes ou nomes das vítimas. Caso estejamos certos, os dois portais erraram feio em não registrar o verbo no plural. Mas há quem diga que também é permitida essa escrita levando-se em consideração que alguém divulgou. Mas a questão é: onde está esse alguém? Esperamos que nossos leitores mais abalizados na Língua Pátria, possam nos esclarecer e também fazer seus comentários para outros colegas nossos que estão, neste momento, a debater nas redações a respeito da pressa em postar que muitas vezes se mostra inimiga da escrita correta. Estamos de olho e aguardando nossos colegas gramáticos nos comentários.

CONEXÕES DE SEGUNDA COMBINAM EM PESQUISA

Por três semanas seguidas o Conexão Master, TV Master, combina com seu clone da TV Arapuan em algum ponto. Na noite desta segunda a coincidência se deu no tema pesquisado via twitter. Nada demais tendo em vista a repercussão de pesquisas recentes em cima do atual governo do estado. Voltando para os temas abordados, ficamos com o Conexão Master que trouxe o prefeito Veneziano Cabeludo de Campina já que o Conexão Arapuan cumpriu mais uma tabela de revezamento com o astuto secretário do estado Nonato Bandeira que, com um cérebro privilegiado, respondeu a todos os questionamentos cumprindo seu papel de fiel escudeiro governamental em detrimento dos opositores. Mais proveitoso para a sociedade foi o debate exercido pelo Conexão Master “pressionando” Vené para as devidas respostas das acusações feitas no programa anterior pelo deputado Romero Rodrigues. Vené sempre com destreza na prática do bom uso da gramática tão em falta no meio político. Como a gente sempre espera algo mais de um programa político, como são os dois Conexões, nossa votação ficou em 5 a 2 em favor do Conexão original, o da TV Master. Em reta final de ano já podemos até arriscar quem vem pela frente nas conexões de segunda. Faltam três programas para cada um até que chegue 2012. Alguém duvida que o prefeito de João Pessoa e o governador não estarão nas conexões de segunda até o fim de 2011? Estaremos de olho!!!

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

PREFEITO FAZ ESCOLA

Como toda imprensa sabe, mas somente alguns ousam tocar no assunto, certas declarações corajosas do nosso prefeito Luciano Agra anteciparam, repentinamente, as férias do jornalista Helder Moura que saiu do ar da noite para o dia. Só que esse “cala boca” do prefeito comprador em cima do jornalista falador vem tendo efeitos colaterais não tão explícitos. Semana passada dois casos chegaram à redação deste blog o que deixou alguns integrantes de queixo caído. Integrantes ainda com pouco tempo de profissão. Revelaremos. Soubemos que alguns meios da nossa capital receberam algumas recomendações nada democráticas quando das declarações daquele empresário que faz denúncias sobre supostas compras de livros irregulares. As recomendações? É que não havia necessidade de enviar equipes de reportagens para cobrir tal fato. Claro que quem recebeu esta recomendação imediatamente fez cumprir a determinação, ops, a recomendação. E fez-se a escuridão sobre tal fato “desimportante” para conhecimento da sociedade. Afinal quem quer saber do que acontece na Assembleia Legislativa, local onde se decide boa parte do destino dos paraibanos? Perda de tempo em transformar declarações sem fundamento em reportagem. Besteira. A outra revelação veio da Praça da Independência. Logo da Independência. É que a história do botijão de gás que explodiu na praça envolveu, em seguida, uma certa conversa entre a direção do Colégio Pio X e alguns jornalistas de emissoras que lá estavam. Uma certa confusão envolvendo um possível funcionário do colégio e um cinegrafista amador resvalou para jornalistas que estavam cobrindo o fato do botijão o que provocou mais uma recomendação, via telefone, para que não houvesse veiculação da confusão. Resultado: frustração para quem pretendia exercer a função jornalística. Assim como a prefeitura da nossa capital, o referido colégio também é cliente e veicula seus comerciais nos meios de comunicação. Quanto vale uma reportagem em nosso estado? Um comercialzinho responde. Estamos de olho!!!

ENQUANTO NOSSA IMPRENSA TENTA ESCONDER...

A de Pernambuco mostra que a Fiat veio para lá e lá é que vai crescer. Pela nossa captura no portal NE10 dá pra notar que muitos colegas jornalistas paraibanos chegam a beirar a mentira quando reproduzem releases institucionais tentando mostrar que seremos agraciados com a instalação da montadora italiana no estado vizinho. Atenção para a nossa seta acima. Lá pelas bandas do Reino da Expansão tem italiano, chinês, japonês, e mais um bocado de “ês” que se sente atraído pelos portos e pelas condições que o Reino proporciona. Alguém consegue encontrar o nome de alguma cidade paraibana na reportagem exibida no portal NE10 de Recife nas telas que capturamos? Claro que não porque simplesmente não haverá. E ainda tem colega que tenta disfarçar que somos quintal criando falsas ilusões para nossa população. E antes que algum atormentado político venha nos acusar de sermos contra alguém, assumimos que realmente somos contra, mas contra a mentira e as falsas revelações que alguns jornalistas tentam empurrar de goela abaixo. Estamos de olho!!!

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

CAMPANHA ELEITORAL 2012 NO MAIS PB

Conforme captura nossa do portal Mais PB, a campanha eleitoral do ano que vem está muito mais ativa na imprensa imprensada que mesmo entre os políticos. Pelo título dá pra notar que a possível ameaça fica em segundo plano para se dar destaque ao parentesco do possível acusador. Afinal qual a relação em ter ameaçado alguém e ser sobrinho de alguém? No caso de ser sobrinho de um candidato a candidato a prefeito de João Pessoa, somente no ano que vem, para o portal, tem algo a ver. E sendo da oposição ainda mais. E sendo um forte concorrente do atual prefeito mais ainda. E nessa possível ameaça tendo o cuidado de relacionar com o senador Cícero Lucena, como se diz por aí, é prato cheio. A referência exposta para criar uma nuvem tenebrosa em relação ao senador candidato a prefeito foi tão intencional que até esqueceram se o ameaçado é jornalista ou radialista, ou os dois, conforme destaque acima. E assim caminha a nossa pobre imprensa preocupada em satisfazer partidos políticos em detrimento à boa informação ou pelo menos à uma informação mais isenta. Estamos de olho!!!

COMO SE NÃO BASTASSE PERNAMBUCO

Agora a gente tem também Rio Grande do Norte, mais especificamente Natal e seu Carnatal. Ontem sem mais nem menos, nós de João Pessoa, nos deparamos com a transmissão do carnaval fora de época do estado vizinho. Será que além de sermos capitania de Pernambuco só dando apoio aos investimentos milionários que são feitos lá, teremos que nos submeter também às festas do RN? Até os patrocinadores de lá passaram por aqui. Tem patrocinador que a gente nem sabia que existia. Como o Carnatal não é um evento de um dia só, pelo jeito, vamos ser quintal da folia de Natal o fim de semana completo. Será que a TV Tambaú virou afiliada da TV Ponta Negra? O pessoal do Rio Grande do Norte engole o Axé há 21 anos com as mesmas músicas cantadas por Bel Marques, Netinho e demais companheiros baianos. Será que Natal não tem nenhuma banda, nenhum cantor regional pra valorizar as coisas da casa não? Pra completar a tristeza, a qualidade da imagem e do som estava muito ruim e, conforme fotos acima, não colocaram nem a logomarca da TV Tambaú nas imagens. A Tambaú ficou mesmo de repetidora. Estamos de olho!!!

PÉROLAS DA SEMANA

Em consideração às muitas reclamações que recebemos por não termos postado semana passada, aqui vão as pérolas, algumas, que conseguimos capturar.

- Foram todo mundo para a rua – Marcelo Metidoapabular Tas
- Eu quero que os parainbanos sejam feliz – Julio Pabuloso bambambam
- No itube – Heron Achaqueé Cid Moreira
- De repente entrou 2 homens – Hilomar Caneta Araújo
- Esse é a nossa missão – Samuka Humildade Duarte
- Aqui a gente defende os injustiçados – Samuka Piada Duarte
- Crimes ilucidados – Fabiano Voltou Gomes
- Há 3 meses atrás – Fabiano Voltouforte Gomes
- 3 meses. Em média 90 dias – Fabiano Matemático Gomes
- Meus peso para o amigo – Emerson Hajadente Machado
- Mas se você querer... – Jomar Bombril Brandão

Após esta escrita toda equipe do Bucho Furado fez uma oração para São Francelino pedindo proteção para possíveis influências dos autores citados acima. Estamos de olho!!!

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

DITO E DESMENTIDO. QUEM PAGA A CONTA?

A notícia sobre uma possível prática de atos sexuais ilegais tomou todos os noticiários policiais da nossa capital nesta terça, mas o que chamou nossa atenção foi a notícia veiculada pelo portal Correio dando conta que tudo seria um engano por parte da polícia que efetuou a prisão da acusada. Considerando-se que a segunda informação seja a verídica e que não houve ato ilícito nenhum, o que se fazer daqui por diante? A suspeita foi detida, passou por constrangimento, vai ser vista com maus olhos por muitos vizinhos e pode ter perdido emprego e outras coisas mais por causa de uma precipitação. Estaria a nossa Polícia se influenciando por alguns meios de comunicação que julgam antes mesmo do processo de investigação ser instaurado? Como fica a situação da mulher presa e acusada? Um bom advogado, mesmo se constatando a acusação, poderá usar essas notícias de acusação e desmentido em favor da sua cliente e com boas condições de êxito. Como pode a Polícia praticar uma ação e poucas horas depois essa mesma Polícia fazer uma revelação em contrário? E em se privando uma pessoa da sua liberdade expondo-a para toda sociedade via meios de comunicação, como se portará noutros casos parecidos? Esperamos que capturas como estas que fizemos no portal Correio não mais apareçam e que quando publicada uma notícia, ela seja totalmente verdadeira para que possíveis inocentes não tenham suas vidas comprometidas com acusações infundadas ou mesmo frágeis como vem acontecendo em alguns casos publicados e transmitidos em rádio e tv no nossa sofrida Paraíba. Estamos de olho!!!

PORTAL DÁ DUAS NO MESMO DIA

Conforme captura nossa no portal Mais PB nossos colegas jornalistas devem ter chegado de uma ressacazinha do fim de semana e, numa das manchetes, repetiram o estado da Paraíba no lugar de PE. Na outra a notícia da possível candidatura do dono da Correio para ser vice da reeleição do prefeito de João Pessoa deve ter causado tanto frisson que duplicaram a preposição no título e nem notaram. Ou teria sido a reprodução de uma gagueira emocional, daquelas de alegria? Afinal, o dono do Mais PB é empregado do próprio Sistema Correio e se a situação melhora pro patrão, nada como fazer uma torcida pra garantir futuros patrocínios no site. Estamos de de olho e nem estamos aí pra PB, ou seja, pra PE. Será que alguém do Mais PB vem fumando algum desses “borós” falsificados que só dão tontura?

terça-feira, 29 de novembro de 2011

TRAGÉDIA COM A NOSSA LÍNGUA

Imaginemos nós o caso daqueles alunos que precisam dar uma olhadinha nos jornais e sites paraibanos para se atualizarem nas mais recentes notícias publicadas visando uma boa prova no PSS 2012. A prova de atualidade requer estar bem informado, principalmente nas notícias estaduais. E caso um desavisado estudante  tenha lido o portal Diário da Oeste e se deparado com a notícia que capturamos pode ter sido influenciado pela agressão à nossa Língua Pátria. Tragédia com "j" é, na realidade, uma tragédia para quem escreveu tal notícia. O que mais nos espantou foi que essa tragédia contra nossa Gramática veio exatamente da terra que ensinou a Paraíba a ler: Cajazeiras. O gaiato deste blog grita lá da copa: eita que santo de casa não faz milagre mesmo não. E perguntamos qual o motivo de tal afirmação. Ele responde: é que aquele que tanto reverenciamos como Santo Protetor da nossa Língua, o São Francelino, é na realidade natural de Cajazeiras. Ficamos, no popular, de queixo caído, bege mesmo. Estamos de olho!!!

CONEXÕES DE SEGUNDA CONECTADAS DE NOVO

Deputada Daniela Ribeiro de um lado e o deputado Romero Rodrigues do outro. As duas conexões de segunda conectadas em Campina Grande com os debates antecipados das eleições municipais do ano que vem. O Conexão Arapuan, clone do Conexão Master entrevistou a possível candidata à prefeita da Rainha da Borborema Daniela Ribeiro que com destreza soube sair das "cascas de banana" disparadas pela bancada do programa da TV Arapuan. Na TV Alex Master o deputado Romero Rodrigues ficou um pouco menos a vontade com as (in)diretas do Pe. Albeni e as colocações de Gilvan Freire. Sem querer julgar quem se saiu melhor, nós do Bucho Furado, concordamos que foi bom ver os dois programas políticos das segundas desgarrados um pouco das figuras já carimbadas que estamos acostumados a ver todo início de semana. Bom ver o jornalismo político-partidário saindo da capital e dando espaço para a principal cidade do interior do nordeste brasileiro. Campina, como já ficou provado, vale muito mais do que muitos pensavam e talvez, para o bem do estado, possa estar voltando aos tempos áureos do valor que teve em décadas passadas. Um empate de 3 a 3 para os dois Conexões. Estamos de olho!!!

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

NEM A PROCISSÃO AJUDOU A ALIVIAR

Até o momento em que escrevemos este texto tínhamos a informação de que 10 homicídios tinham acontecido na grande João Pessoa neste fim de semana. Sete apenas do sábado para a noite do domingo. Mas o que nos traz aqui não é este número já quase constante na contabilidade policial paraibana e sim o que poderá acontecer nesta segunda em alguns programas policiais. É que entre as vítimas da violência do fim de semana está um homem que foi queimado por um casal. O homem está em recuperação no hospital de Trauma e o casal foi preso na noite deste domingo. Nosso receio: será que alguma equipe de tv conseguiu registrar as imagens do homem antes dele dar entrada no Trauma? Esperamos que não. A exemplo do que já exibiram descaradamente no programa Correio Verdade este ano, não duvidamos mais de nada. Estaremos de olho pra ver se alguém vai expor cenas tristes da vítima apenas com a intenção de chocar e angariar audiência. Pelo jeito nem toda religiosidade do fim de semana com a Procissão da Penha ajudou a reduzir a escalada de violência que somente o secretário de Segurança do estado insiste em desmentir. Será que tem alguém se perguntando como é que a gente tem essa contabilidade antes dos portais? Somos do Bucho Furado e estamos em todos os lugares em todos os momentos.

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

RELIGIÃO E POLÍTICA NA PARAÍBA

A procissão da Penha que acontece neste fim de semana em João Pessoa já se tornou, há anos, uma das festas religiosas mais envolventes do nosso estado. Apesar de termos restrições a certos atos e dogmas religiosos não desprezamos o valor da procissão e das demonstrações de fé que vemos no percurso até a praia da Penha. Vimos nos rostos da população uma revelação dos mais íntimos sentimentos em busca de uma felicidade não encontrada no plano terreno e que é prometida apenas para ser alcançada no plano celestial. Infelizmente alguns esquecem que a vida funciona como uma conta bancária que tem seus créditos e seus débitos. Quem muito tem crédito de bondade e demonstração de ajudar ao planeta em que vive, também terá créditos reconhecidos quando não mais estiver aqui. Se essa vida futura realmente existir e para que haja nexo e razão a associação com a contabilidade é Justa e correta. Aqueles que passam por esta vida acumulando débitos encontrará esses débitos lá do “outro lado” para serem resgatados. E para quem crê na reencarnação sabe muito bem o que significa a bondade e a maldade, crédito e débito, nessa para outras vidas. Então fica aqui o nosso alerta para quem vai atravessar o percurso da Procissão da Penha: fique de olho em alguns seres estranhos ao mundo religioso. Anotem. Pelo percurso vão aparecer várias almas deficitárias de bondade e que querem, nada mais nada menos que, se infiltrar num ambiente incomum a elas no intuito de angariar simpatia e sorrisos de possíveis futuros... o que? Eleitores. Haja político querendo tirar proveito de manifestações como as religiosas para se mostrar detentor de alguma fé ou devoção. Pura artimanha. Pelo menos de alguns. Além de políticos que não sabem nem rezar vão aparecer também alguns seres da comunicação que passam a semana cometendo pecados contra cidadãos comuns e acham que pedir perdão e proteção vai salvá-los de alguma coisa. Se conseguirem enganar, é por poucos metros. Sabemos que existem alguns personagens políticos que seguem a Santa há anos, talvez décadas, mas de vez em quando surgem alguns espertalhões querendo apenas aparecer para as câmeras de tv, nas fotos, para pescar alguns votos num ano pré-eleitoral. E não são poucos. Esperamos que nossos meios não façam por onde registrar tais aproveitadores politiqueiros. A manifestação é do povo e que apenas ele possa ser o foco, além de líderes religiosos que naturalmente estarão na Romaria. Só pra não perder a viagem vamos apelar para que o "Cavalo do Cão" lá atrás da UFPB recolha todos eles e se algum escapar pediremos para o "Infeliz das Costa Ôca", lá em Mangabeira, pra impedir que os pecadores cheguem à Penha. Estaremos de olho!!!

E O BAMBAMBAM? BAMBAMBAM EM QUÊ?

Tomando por base a "extrema inteligência" do Julio Bambambam poderíamos começar assim: antes e mais nada gostaríamos de dizer que o protótipo de Frota recebeu seu prêmio dos 15 minutos de fama. Esperamos para postar hoje para levantar o questionar: cadê o bambambam? Foi apenas um ser que necessita se expor para se autopromover. Conseguiu. Postou uma tremenda infantilidade e tentou sair pela tangente mesclando desculpas superficiais e demonstrações de, como diríamos no nordestinês, "pabulagem". Fui isso, fiz aquilo, passei por tais e tais países e por aí foi. Quase todas as nossas rádios e tvs deram espaço para os amigos preconceituosos se pronunciarem. Revelaram mais pobreza de conteúdo e de discurso. Que respondam dentro dos limites da lei. O que nos impressionou também, além da pobreza de linguagem dos afetos infantis, foi o clima gerado na 98 FM entre os colegas Fabiano Faltando Gomes e Heron Querser Cid Moreira. Os dois simplesmente se desentenderam ao ponto de ouvirmos palavrões que em nada contribuíram para a audiência da emissora. Os dois amigos bateram de frente nos fazendo esquecer até do real motivo da discussão que seria o bambambam. Os dois radialistas precisam saber que roupa suja se lava em casa com os microfones desligados, a não ser que a intenção seja de causar algum alvoroço pra segurar o ouvinte. Vindo das paragens do Sistema Correio tudo é possível. Mas bem que poderiam evitar levar ao ar desentendimentos como os que ouvimos. Por lá estão nivelando por baixo o tratamento com o ouvinte, com o telespectador. E antes que algum engraçadinho faça um comentário sobre nosso início de texto, a expressão "antes de mais nada" na realidade é só pra reverenciar o arremedo de Alexandre Frota; o Julio Bambambam (com um apelido desses...). Essa expressão não tem nexo nenhum nem significado nenhum. Antes de mais nada na realidade é uma tentativa de se iniciar um discurso por quem não tem bagagem linguística suficiente para se expressar. Apelando para não ouvirmos mais o que ouvimos, quarta passada, entre os colegas da 98FM. E pra não deixar passar limpo tudo que aconteceu, será que não foi tudo encenação mesmo? Estamos de olho!!!

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

RÁDIO E TV. CADA UM NA SUA

Infelizmente ainda tem muita gente praticando comunicação que não distingue os meios rádio e televisão. Apesar de alguns acharem que podem fazer do mesmo jeito na rádio e na tv a realidade mostra despreparo e descuido para com a profissão. Tem radialista e jornalista que lê o mesmo texto quando estão no estúdio de uma rádio e quando estão diante de câmeras. Esquecem que existe um detalhe primordial entre um meio e outro: a existência da imagem para a tv. A imagem nada mais é que mais um auxiliar no ato de comunicar. Neste sábado, ouvindo uma música entre uma rádio e outra ouvimos o seguinte texto que pode passar despercebido por alguns, mas que para nós é subestimar a inteligência do ouvinte e revela também o despreparo de quem veicula. Vamos relatar apenas a primeira frase que ouvimos na Arapuan FM. Diz a gravação:

- Veja agora os novos horários da sua TV Arapuan.

Alguém em sã consciência aceitaria um texto desse na rádio? Mas o pessoal do Sistema Gregoriano aceitou e aceita. Isso também deve estar sendo veiculado na Sucesso FM. Tem também aqueles textos que os apresentadores de tv lêem e não se dão nem ao trabalho de refletir. Reproduzem a escrita que vem de alguma agência de publicidade que também está infestada de gente que se acha privilegiada mentalmente revelando em suas criações despreparo e falta de noção das características próprias de cada meio. Passam o mesmo email para as rádios e para as tvs sem as alterações necessárias. Muitas vezes um apresentador de tv usa, em merchandisings dentro do estúdio, o mesmo texto que é veiculado nos comerciais dos clientes. Soa estranho e em alguns casos fica sem nexo. Cinco minutos de reflexão e notariam as discrepancias. Estamos de olho!!!

terça-feira, 22 de novembro de 2011

BUCHO FURADO ESCLARECENDO E REVELANDO

Muita gente perde um tempo danado nas redações, nos estúdios, nos corredores das empresas de comunicação, do nosso estado, somente para conjecturar a respeito de quem fornece informações para nós do Bucho Furado. Esses colegas mostram uma infantilidade que até nos surpreende. Vamos a nossa revelação. Prestem bem atenção em nossas postagens. Alguém precisa estar fuçando os bastidores, as redações das rádios, das tvs, dos sites pra descobrir aquilo que publicamos? Resposta: NÃO. Os erros gritantes que capturamos estão expostos nos títulos das matérias, no áudio das rádios, no trabalho que muitos realizam nas tvs. É em cima disso que trabalhamos, fazemos nossas capturas. E ainda tem gente perdendo tempo usando tons de ameaças nos corredores das empresas com possíveis demissões de informantes. Mais uma revelação de ignorância de uma atividade que existe desde quando o rádio foi inventado: a prática da rádio-escuta. Podemos usar esse termo também para as teleaudiências, para as leituras, para tudo. Rádio-escuta é sinônimo de, nas redações mais atentas, vigiar os concorrentes. Nada mais que isso. Simples e eficaz. Infelizmente muitos que se acham profissionais da comunicação desprezam essa atividade. O gaiato desse blog grita lá da copa: esses caras que se incomodam tanto conosco deveriam nos agradecer. A gente é a maior rádio-escuta do respeito ao telespectador, ao ouvinte e ao leitor que tem por aqui. Eles deviam agradecer as consultorias gratuitas que postamos diariamente. O gaiato tá com razão. Estamos de olho!!!

TENTANDO DISFARÇAR. CONSEGUE?

Fomos surpreendidos com as palavras do apresentador do Correio Verdade(?), sábado passado, no momento em que ele fazia (tentava fazer) referências a outros apresentadores de outras emissoras como se estes fossem telespectadores do seu programa policialesco. Como o Correio Verdade do sábado está totalmente perdido mais pra programa de auditório, sem auditório, que pra policial, o desnorteado radialista fica procurando assunto pra "tapar o buraco". E ainda mais tentando se fazer simpático para o telespectador citando/simulando possíveis audiências de outros colegas de profissão. Imaturidade em tentar subestimar a capacidade do telespectador e deselegância do sr. Samuka em citar os nomes dos colegas das concorrentes. Depois de tanto escorregar nos limites da decência e da lei, tem gente com cara de quem está prestes a ter um mal-estar com possíveis processos que estão a caminho da avenida Pedro II. Para se alcançar e merecer um sucesso, mesmo que passageiro, se faz necessário ter maturidade mental tão em falta na nossa comunicação. Estamos de olho!!!

CONEXÕES DE SEGUNDA

Depois de vermos os mesmos assuntos tanto no Conexão Arapuan, clone do Conexão Master e no próprio Conexão Master debatendo sobre os destinos financeiros do nosso estado que por mais que tentem negar vai muito bem obrigado, mudamos de sintonia. Ou alguém é capaz de negar que a qualquer hora do dia o comércio está muito movimentado? Os shoppings que o digam. Com o assunto maçante da greve do Fisco e das tentativas de se mover a população em questões meramente politiqueiras, nós do Bucho Furado optamos por assistir ao Roda Viva, pela TV Cultura, que nesta segunda entrevistou Datena, apresentador do Brasil Urgente da Band. O assunto foi o jornalismo policial praticado pelo próprio jornalista, seus caminhos e suas consequências, além também da história que Datena construiu com sua profissão. Pra não passar em branco total em cima das conexões de segunda, o que nos impressionou foi a tentativa, mais uma vez, de Alex Metro Filho em convencer o telespectador de que a TV Master é “assistida de Cajazeiras a João Pessoa” pelas próprias palavras de Alex Perfumes&Cia Filho. Claro que isso só é possível via internet. Engraçado que o clone da Arapuan clonou até o assunto do clonado. Nossa votação? Empate para “ambos os lados”. Estamos de olho!!! Bem que um certo apresentador de programa policial de João Pessoa poderia ter assistido Datena pra pelo menos aprender a falar com mais delicadeza nos debates.

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

DIA DECISIVO PARA OS BOATOS

Todos sabem da situação do nosso colega Helder Topete Moura após ter feito algumas críticas ao governo municipal de João Pessoa. As falas do nosso prefeito revelaram em bom tom o que todo jornalista sabe e faz beicinho querendo esconder: a força do cliente em cima do meio no qual anuncia e, consequentemente, em cima dos posicionamentos que alguns tentam disfarçar. Pelo menos o prefeito falou e assumiu o que outros políticos e clientes não têm coragem de assumir quando pressionam os dirigentes das emissoras. Mas o que falta saber é: Helder Moura volta nesta segunda como se tem anunciado pelos seus colegas da Correio? Terá a pressão do nosso corajoso e comprador prefeito retirado do ar o jornalista cobrador? Hoje é um dia decisivo para as especulações e os boatos da possível influência governamental no Sistema Correio. Coisa que não é novidade nenhuma para nenhum comunicador do nosso estado. Algumas indignações foram expostas nestes últimos dias pela API e por alguns colegas de profissão em relação ao ocorrido. Os que silenciaram, infelizmente, assumiram a verdade da dependência política e até certo ponto se deixaram expor pela ausência do posicionamento em defesa da profissão. Estamos de olho!!!

JORNALISTA É PRA INFORMAR E NÃO PARA JULGAR

Há meses que comentamos a respeito de posicionamentos de alguns colegas nossos que nem disfarçam os objetivos que os movem. Jornalista não está aí pra afirmar em tom de julgamento e dando sentença. Jornalista existe para transportar a notícia procurando influenciar o mínimo possível na informação. Mas o que percebemos, hoje, em nosso estado? Comunicadores possuidores do dom de influenciar no posicionamento dos seus leitores, dos seus ouvintes, dos seus telespectadores. E não são poucos. A confusão da compra dos livros pela prefeitura da capital é o caso mais recente. Caberia aos nossos colegas relatarem o fato revelando as diversas posições dos envolvidos, mas como canta Jorge BenJor: Mas que nada... Nossa captura no twitter do colega Luís Cabelodetoldo Torres, abaixo, mostra bem o que se esperar dos que devem suas postagens a um ou a outro. Se é briga de sócios, se é indício de negociata, se tem uso indevido de verbas públicas, cabe à justiça concluir e pra isso existe um procedimento chamado processo. Processo que muitos colegas insistem em desprezar e opinam imediatamente ao aparecimento de algum fato. E em muitos casos, dias, semanas, meses depois, passam por desacreditados quando os verdadeiros fatos emergem. Pena para nossa classe tão sofrida e tão desacreditada. Estamos de olho!!!

RESSACA DE FIM DE SEMANA

Todo fim de semana, entre a sexta e o domingo, fazemos uma vistoria geral nos sites paraibanos e sempre dá nisso que mostramos abaixo: descuido para com a nossa Língua Pátria e também para com a própria profissão que exige um mínimo de conhecimento da nossa Gramática para se estar apto à pratica do jornalismo. É verbo inventado no infinitivo acentuado, é falta de vírgula, falta de sílaba, Pressa em postar? Inimiga da perfeição. Que São Francelino seja evocado o mais rápido possível em nossas redações. É tão fácil encontrá-lo aqui em João Pessoa. Estamos de olho!!!

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

PORTAL FAZ PREVISÃO DE MORTE DE MORTO

Conforme captura que nos foi enviada por uma adepta do Bucho Furado, nossa colega desconhecida Ceiça Chaves, o pessoal do portal Correio está trabalhando com futurologia. Daquelas que de nada servem. Previram o falecimento de um já falecido? E pode? O gaiato deste blog revela que com as recentes ameaças de processos que estão esperando lá pelas bandas da avenida Pedro II, devem estar se consultando com Mãe Delamare pra tentar melhorar o clima por lá. E pelo jeito Mãe Delamare tá influenciando também nos textos. Tem jornalista que tá com tanto medo de receber a culpa pelos desmandos de alguns apresentadores que só entra no prédio da Correio com o pé direito e na hora da saída dá 7 pulinhos pra São Longuinho. Se o Bispo Macedo descobre muda rapidinho o sinal pra Clube como andam dizendo por aí. Será que estão consultando Mãe Delamare também pra descobrir quem são os Buchos Furados? Salve Bangalô 3 vezes. Estamos de olho!!! E como a nossa grana é ralinha ralinha a gente vai é fazer um 0800 com pai Pedim do Rangel só por precaução.

CARACTERES NA TV TAMBAÚ - PADRÃO ZERO

Conforme nossas capturas do canal 5, TV Tambaú, a imaginação do pessoal de lá responsável pelas chamadas da tv está bem fértil e exagerando naquilo que chamamos de redundância. O que nos faz concluir também, pelas imagens, que padrão por lá está em falta. Vamos aos detalhes.
- Numa tela se escreve 13:20 da tarde - alguém conhece 13 horas que não seja da tarde?
- Noutra tela está escrito 1 da tarde - já não é mais 13 horas
- Na outra escrevem por extenso “ao meio dia e meia” - não tem mais número
- Em outra tem 11:30 da manhã - tentando achar um padrão nos números deles, existe 11:30 da noite?
Na hora da edição dessas telas deve rolar um “bota diferente nessa”. Nossa conclusão é que não existe quem assista a própria tv entre eles pra consertar essas disparidades. Estamos de olho!!!

SITES COMBINAM NO MESMO ERRO

Conforme captura nossa, nesta quarta, nossos colegas dos portais Paraíba Já e Mais PB combinaram no erro na mesma notícia e exatamente na mesma posição do título da matéria. Erraram na concordância do plural com singular. Escorregão imperdoável que nós não deixamos passar em branco. Um cuidado de leve com uma pequena revisão teria resolvido tudo. Mas tinham que errar no mesmo lugar? Bem estranho. Será que tem gente trabalhando nos dois portais e só fez um Ctrl C + Ctrl V de um lado pro outro? Estamos de olho!!!

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

AUTO ESCOLA PARA O JORNALISMO

Diante de tantos descaminhos que o nosso jornalismo vem traçando e trilhando ultimamente, veio à nossa mente o que seria necessário para que nossos colegas ficassem mais esclarecidos? Esclarecidos a respeito da nossa profissão. Muito se fala, muito se comenta sobre as regras que designam a prática jornalística. Mas o que é o jornalismo? Como ele deve ser posto em prática? Qual a sua base? As regras todo mundo sabe e quem não sabe tenta se mostrar sabedor. Mas em que poderíamos colaborar para esclarecer a respeito? Resposta: aula de trânsito para os jornalistas. Como assim? Deve estar se perguntando nosso leitor. Trânsito sim. Voltemos ao princípio decifrando o que faz um jornalista. Um jornalista nada mais faz do que trabalhar com transporte. De que maneira? É o jornalista que transporta a informação para o público. É ele que deve captar a mensagem e servir como meio para que ela seja divulgada, noticiada. Então cabe aos nossos colegas, e a nós mesmos, a conscientização de que devemos cuidar do trânsito entre o fato propriamente dito e a tomada de conhecimento deste fato pela sociedade. Nada mais que um transporte da informação. Não nos cabe a utilização da informação para, no meio do caminho entre a captação e a sociedade, proveito próprio, para interferirmos no seu teor, para a modificarmos sorrateiramente nas vias que ela terá que ultrapassar até seu destino final. Precisamos aprender a receber o “pacote” que não é nosso, transportá-lo preservando e entregando esse mesmo “pacote” com as menores deformações possíveis. As estradas podem até ser diferentes, os veículos diversos, mas é o destino que interessa e nesse caso o destino se traduz como leitor, telespectador, ouvinte. Alguns podem se utilizar de uma carroça como nós e outros de veículos turbinados, importados, mas a melhor compreensão do consumidor da informação é a meta a ser alcançada. Estamos de olho. Em que? Nas estradas da informação e na preservação dela.

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

SEM LIMITES PARA O MAU JORNALISMO

Quando vimos casos como o da adolescente de Bayeux escancarado na TV Correio, dissemos a nós mesmos que “toda aquela turma tinha chegado ao limite”. Mas limite, para eles, é tão somente uma barreira que deve ser empurrada, ultrapassada e até mesmo desprezada. Quem assistiu, sexta passada, às atuações de Emerson Machado junto com, para nossa decepção, Heron Cid e ao meio dia Samuka Duarte, os três praticamente batendo o martelo pela condenação do pai das duas crianças mortas, pode sentir um verdadeiro desrespeito ao que se conceitua “ser humano”. Tanto à pessoa do pai suspeito e não acusado como também a todos os envolvidos na situação. Se a justiça agisse com a mesma rapidez dos ditos “jornalistas”, nesta segunda eles estariam suspensos de exercer suas funções. Após a divulgação do laudo do IML do possível envenenamento das crianças e não mais o estupro espremido pelos nossos colegas da afiliada da Record, TV Correio, no sábado o sr. Samuel, ou seja, Samuka apareceu no vídeo todo sem graça tentando explicar o inexplicável praticado por ele e seus amigos na emissora. Lá veio ele com as já desgastadas desculpas de imprensa tem que divulgar, que imprensa isso, imprensa aquilo, mas como falar de imprensa sem ter conhecimento do que é ética, moral, decência? Ser da imprensa não significa falar da vida dos outros. Os fofoqueiros fazem isso muito bem. Se houvesse um curso para Fofocalismo, nossos colegas estariam dando aula, já Jornalismo requer muito mais que simplesmente saber encarar um microfone ou uma câmera. Para nossa felicidade ainda existem outros que podemos confiar e assistir aos seus posicionamentos, inclusive criticando, em suas aparições, essa imprensa que desce de ladeira abaixo sem freio e sem marcha. Não nos furtaremos a nomeá-los: Jonas Batista, Fábio Araújo, Washinton Luís, Alexandre Coronago, Lauro Lima, Vinicios Henriques, Nilvan Ferreira, Rubens Nóbrega e tantos outros que não usurpam das aflições alheias visando apenas proveito próprio. E para que nosso leitor saiba, corre na rádio peão que os familiares das duas meninas aguardavam que o repórter Mofi não estivesse no velório, pois poderiam reagir. Pelo sim pelo não, quem viu a matéria na Correio notou quem fez a cobertura foi Harriane Arruda. Se desgraça alheia representa Ibope, Samuka, Heron, Mofi, Fabiano e todos os demais colegas podem ficar despreocupados que estarão sempre à frente nas pesquisas. Que possamos, nós da imprensa, refletir sobre tanto erros em cascata. Erros nos laudos dos hospitais, da Polícia e principalmente da falta de um fator básico para o bom jornalismo: a checagem de todas as informações antes de publicá-las. E mesmo ao publicá-las não vestir a toga de "juízes" da sociedade. Quem não lembra do caso da Escola de Base massacrada por causa de declarações precipitadas de um delegado e principalmente da imprensa seduzida pelo sensacionalismo? Quando a gente achava que já tinha visto o pior e aprendido com ele, descobre que ainda pode piorar. Mais revelações da rádio peão dão conta que mais processos estão a caminho da avenida Pedro II; endereço do Sistema Correio. Nós continuaremos de olho!!!

ROTINA DE FIM DE SEMANA

Já está virando rotina ver tantos escorregões de fim de semana nos sites paraibanos. Mas já desconfiamos o que está acontecendo. É a ira dos plantonistas que está a mil por causa do sábado e domingo de trabalho. Só pode ser. É plural e singular, acentuação faltando, títulos incompletos, nome de time de futebol errado e até nome de estado no lugar Amazonas no lugar da atleta amazona e por aí vai. Estamos de olho!!!

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

ELOGIO COMO DISFARCE

Dá uma tristeza imensa quando vemos, lemos e ouvimos verdadeiros pronunciamentos de colegas de profissão em relação a certos políticos. Para disfarçar usam da expressão: quando é coisa boa a gente elogia. Pura falta do que dizer e também falta de senso de lucidez subestimando o leitor, o ouvinte, o telespectador. O que é um político afinal? Nada mais que um servidor que está num cargo público, mas não é dono do cargo que exerce. Não prestou concurso para alcançar estabilidade. Pois bem. Alguns radialistas e jornalistas tratam políticos, governantes como semideuses intocáveis e possuidores de todas as sabedorias possíveis. Muitas vezes os elogios e a submissão são tão exagerados que provocam um nó no estômago. Governante está no cargo para trabalhar e prestar contas de cada passo que tenha verba pública envolvida. Políticos nada mais são que empregados do povo, o qual paga dezenas de impostos para também garantir os recheados salários deles. Tristeza para nossa classe impregnada de comunicadores que nada comunicam a não ser exaltações desmedidas aos que estão no poder revelando, em alguns momentos, uma quase excitação. Se eles fazem algo de bom para a sociedade estão simplesmente cumprindo a obrigação, cumprindo seus deveres. Nada que façam pelo nosso estado será merecedor desses elogios vergonhosos que estamos nos acostumando a presenciar nas rádios, nos jornais, nas tvs. Trabalho.Isso é o que eles, a partir do momento em que assumem um cargo, devem prestar como pagamento ao crédito que recebem pelo voto popular. Por que será que noutros estados vizinhos, a imprensa não atua como a nossa? Nessa simbiose doentia e inescrupulosa. Maturidade? Independência? Estamos de olho!!!

*** As Pérolas da Semana estão logo abaixo.

PÉROLAS DA SEMANA

Estamos de volta com o quadro que todo mundo espera no fim de semana. Dessa vez, num só dia, pegamos tantas pérolas do professor do estado Samuel, ou seja Samuka Duarte que nem assistimos mais outros dias. Foram tantos erros em tão poucos minutos que temos até medo de estar praticando bulyng revelando tantos atentados à nossa gramática por parte do professor. Professor? Ficamos imaginando o que será que os alunos dele conseguiram aprender. Vamos às pérolas sem brilho.

- Para que as crianças não vaem trabalhar – Samuka CacetenaGramática Duarte
- Um dos países mais demagogo do mundo – Samuka Falando de quem mesmo?
- Um dos países mais falso do mundo – Samuka Professor de quê?
- Todas as crianças onde me vê me abraçam – Samuka Humildade Duarte
- Quem vai cantar Vit e Léo? – Emerson Hajadente Machado
- A população revoltada pegaram o acusado – Águia Atacando a Gramática
- Essas cruzes foram asfixadas – Patrícia Bocatrejeito Rocha
- A matéria do Alagoa Grande – Linda SósabelerTP Carvalho
- O presente foram para as 15 debutantes – Marília Ximenez Lima
- Primeiro dia de greve dos policiais civis atingem a população – Laerte Redondo Cerqueira
- Oftalmologista Oswaldo Trigueiro (era Travassos) – Jota Minhavovozinha Jr

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

GLOBO NÃO APITA MAIS TÃO FORTE

video
Há algumas semanas que o telespectador torcedor de futebol só tem decepção com as transmissões da Rede Globo. Os jogos da sul-americana só começam a aparecer na telinha prateada após alguns minutos de bola rolando. Nesta quarta foi o auge. Conforme vídeo capturado por nós o jogo do Vasco contra o Universitário do Peru, quando entrou no ar, estavam decorridos mais de 15 minutos. Imagine só se nesses primeiros minutos houvesse algum gol? Tristeza para o torcedor vascaíno. Melhor pra concorrente Bandeirantes começou suas transmissões enrolando também pra começar mais ou menos no mesmo tempo da Globo. Luciano do Vale deve ter sido forçado a aguentar "pereirão" enquanto a bola rolava. O que será que estamos presenciando nesses dias? Pelo jeito o poder da Globo em se tratando de futebol já não ultrapassa as fronteiras brasileiras. Nem na América do Sul? Mais um detalhe: o jogo desta quarta foi no Brasil e mesmo assim a Venus Platinada não teve moral para retardar o início do jogo.  Dá até pra notar o desânimo do narrador global Luís Roberto no começo da transmissão. Teve que assistir aos últimos minutos de “pereirão” enquanto a bola começava a rolar no São Januário. Estamos de olho!!!