sábado, 19 de março de 2011

EM NOME DO BUCHO FURADO

O objetivo, desde a criação deste blog, é expor o que muitos desejavam; indagar a respeito dos erros gramaticais, da falhas, da pedagogia da comunicação, das blindagens que os jornalistas acham possuir, etc. Discutir o grito por liberdade de expressão. Liberdade essa que só aparece quando é para seguir interesses pessoais ou corporativos. A nossa liberdade, e sentimos isso no retorno que recebemos, está em poder discutir os rumos do jornalismo paraibano que, em raras exceções, e são raras mesmo, conseguem relatar a verdade dos fatos sem maquiagens e sem meios relatos. Vimos isto, explicitamente, no conturbado caso da destruição da pista do Aeroclube. Nossos colegas de imprensa, na maioria, "caíram em cima" como se já fosse fato consumado, mesmo sabedores de que a justiça ainda não tinha dado como transitado em julgado. As brincadeiras que postamos, nada mais são que alertas. Alertas para os envolvidos, para a população, para os professores, para nós mesmos. Quem aqui sentir-se atingido, seja de que maneira for, é só nos comunicar que, imediatamente, não haverá mais citações para com ele/ela. Aos leitores e citados, do e no BF, gostaríamos de salientar que brincamos com quem achamos que tem senso de humor. O que seria de nós, pobres mortais, caso não existissem o TV Pirata, Casseta e Planeta, Pânico na TV, CQC? Lembrando que não denegrimos ninguém, como fazem alguns. Como todos podem ver, o BF, não tem patrocínio, merchandising e nada que possa contribuir monetariamente com o blog. Os custos são pessoais, gastos nas horas vagas. Até a faixa que alguns viram na Feijoada dos Imprensados foi paga do nosso bolso, do salário que recebemos das empresas nas quais trabalhamos. Que nos desculpem os que se sentiram ofendidos. Queríamos  apenas deixar para questionamento o seguinte: aquele que se "atreve" ou se prepara para enfrentar um microfone, uma câmera não se pode dar ao luxo de errar. Como já nos enviou um leitor "errar é humano e acertar é mais humano ainda". A qualidade celebrada está na perfeição ou na proximidade dela e não no nivelamento sem parâmetros. É esse lema que nós, do Bucho Furado, temos como âncora e desejamos seguir.

15 comentários:

Eu disse...

O mal do jornalista é achar que é Deus. Ao deixar a redação diz que está indo fazer uma MATÉRIA, só que a MATÉRIA quem faz é DEUS. Jornalista faz VT, sonora, passagem, texto, stand up, reportagem...

Anônimo disse...

O jornalista tem que entender que é vidraça também. Criticar os outros é muito bom. Mas é preciso saber que seu trabalho é passível de erro. Como já disse aqui, a Folha paga alguém para apontar os erros dela. Aqui na PB os pobres mortais que sequer são conhecidos além dos limites de CG ou de JP se acham o supra-sumo da imprensa brasileira. Basta chegar em Recife que a maioria daqui não é conhecida. É por essa arrogência que fazemos um dos piores jornalismo do Brasil. Tanto que a rede manda o seu próprio repórter para cobrir as melhores matérias no estado. Sim, obrigado pela citação do "erra é humano..."
Abs

Anônimo disse...

Corrigindo, faltou um R na citação "errar é humano". Foi a pressa.

anco marcio disse...

Assino embaixo.Quem se expõe tem de aceitar a critica bem humorada.Só é alvo de criticas,boas ou más,quem aparece.Não dá pra fazer humor com o homem que vende picolé na praia ou tapioca na esquina.O humor é feito em cima de gente que aparece,gente conhecida.Alguma vez Lula Irritou-se com algum dos seus mil imitadores?Fala-se até da parte do dedo amputado.Elogio,deixo de elogiar,mas tenho uma imensa admiração por esses herois,alguns acordando às 4 da madrugada pra ganhar tão pouco.N sou da equipe do BF,sou bem mais antigo,mas seria bom que aparecessem mais espaços de apreciação...

Anônimo disse...

crise existencial?!

Vinícius disse...

Meu amigo, mande esse povo fazer retroação anal por meia hora.

Hebert disse...

Valeu, BF! Manda ver...

Anônimo disse...

Espero que continue firme e forte, E que devem sim, falar de todos afinal de contas que graça teria se vocês fossem censurados? Parabéns pelo Blog e pela determinação. Agora vocês teram pelo menos durante essa semana a oportunidade de analisarem a TV CEARÁ que esta com o sinal sendo transmitido pela TV Miramar, gostaria de saber o que estão achando da programação local da emissora de Fortaleza? Bom final de semana!

Anônimo disse...

Os nosso redatores são impagavéis nos seus escritos(apelidados de "noticias"). No "portal" correio(de hoje, dia 20 de março) tem uma noticia no minimo surrealista:eles "informam" sobre um incendio ocorrido em um terreiro(não sabemos se de umbanda ou candomblé, pois a "noticia" não informa)na cidade de Bayeux onde eram realizados,"trabalhos maquiavélicos de magia negra!" Qua,qua,qua,qua,qua!
Vai ser criativo assim lá em Hollywood!
Quanta desinformação meu Deus!
O idiota do redator deveria saber que Maquiavel NUNCA fez magia negra,branca,amarela,marrom etc etc.
Será que nunca leu Maquiavel?
Se não leu, como se atrave a dar pitaco sobre o assunto, confundindo o leitor?
Vão estudar mais(Maquiavel e religiões africanas)seus despreparados!

Anônimo disse...

Ganhou mais um leitor.

Anônimo disse...

Ah, que pena... Quem se propõe a ter como profissão uma atividade pública e notória como o jornalismo e/ou radialismo tem precipuamente que aprender a conviver com críticas, sejam pertinentes ou não. Ossos do ofício. Esse depoimento aí tá dando uma impressão que que o Bucho tá sendo costurado. Não torço nem incentivo o escracho e esculacho público e gratuito de ninguém, mas (ainda) gosto da sinceridade do BF na busca por uma melhor atitude profissional dos que fazem a imprensa paraibana. Desde que o blog foi criado, tenho visto a reação "irada" e esperada de alguns que são alvos constantes de críticas (petinentes) por aqui. Ultimamente vejo o BF dando muita satisfação como se tivesse meio que receoso com a revolta desse povo. Amoleçam não. Não quero crer que vocês estejam quase batendo pino...

Anônimo disse...

É realmente um absurdo misturar Maquiavel com magia negra.
Qualquer jornalista com uma boa formação acad~emica deve saber que Maquiavel foi -entre outras coisas-o fundador do pensamento e da ciencia politica moderna.
Escreveu o clássico e polêmico "O principe".
E como suas idéias foram distorcidas e mal interpretadas, criou-se o adjetivo "maquiavélico" que siginfica esperteza,astúcia.
Acredito que o redator - por falta de leitura-quiz dar ao adjetivo o sentido de "diabólico".
É no que dá a formação apressada dos nossos profissionais sempre inspirada naqueles dois autores de grande sucesso nas faculdades de jornalismo(e outras):a dupla "Control C e Control V".

Mélita disse...

Olá, BF!
Quem ñ aceita críticas é "profissional" q/ ñ se importa c/ o resultado do seu trabalho. Faz apenas p/ cumprir escala e horário. O famoso "feijão c/ arroz" e, muitas vezes sem sal.O bom profissional conversa c/ editores de imagem e de texto p/ conferir no ar o resultado satisfatório da reportagem.
Sou fã do tabalho de vcs!

Anônimo disse...

Engraçado é que muita gente entra como anônimo no blog para criticar os erros jornalísticos e se solidarizar com o BF. Como não se identificam, também não fazê-lo-ei.

Mas sinto essas pessoas têm um pouco se ciúme e inveja dos colegas da imprensa, sobretudo daqueles que aparecem no vídeo. Na verdade, todo mundo tem vontade de aparecer, de ser um pouco ou muito famoso, ser reconhecido nas ruas. Alguns não conseguem. Resta ser cruel nas críticas. Vamos saber o limite delas. Tem muita gente despreparada, sim. Mas há muito bons profissionais, responsáveis, cultos e com textos limpos e elogiáveis, além de um comportamento ilibado, o que dá consistência moral à figura como cidadão e profissional. É aquela questão: dar a César o que é de César.

Eu disse...

...e quem danado é César? Qual o programa dele? Qual a emissora? Ele é bom?