sexta-feira, 29 de julho de 2011

PÉROLAS E REGRAS

Já está virando tradição, brincadeirinha, a postagem de toda sexta com o título de Pérolas da Semana. Muita gente acessa o blog só pra brincar com os frequentadores que vivem fornecendo material de primeira pra gente. Mas antes de fazer o relato das escorregadas dos nossos colegas, precisamos fazer mais uma vez um esclarecimento a respeito de uma regrinha básica e obrigatória para o saber falar, pelo menos, relativamente bem. Ficamos sem palavras quando, ontem, nossos colegas Fabiano Faltando Gomes e Wellington Serraria Farias fizeram referência ao Bucho Furado no momento em que Fabiano levantou a dúvida sobre o uso dos pronomes "mim" e "eu". Como já dissemos, antes, não somos os baluartes da Língua Portuguesa e nossa intenção é de colaborar para melhorar nosso meio. Vamos à regrinha.

O pronome oblíquo "mim" não pode anteceder o verbo no infinitivo. Verbo no infinitivo é a forma do verbo no seu sentido mais geral. É o a forma 'bruta' do verbo; sem conjugação. Ex: errar, assumir, estudar, aprender, corrigir, escorregar, cair (no BF).
O pronome do caso reto "eu" vive em perfeita harmonia com o verbo no infinitivo.
Exemplo de orações escritas corretamente: Estudar é bom pra mim. Se eu escorregar o BF não vai perdoar.
Exemplo de orações escritas erradamente: Pra mim ler. É bom pra mim aprender. Isso é pra eu?
Esperamos ter contribuído com o aprendizado de todos os nossos colegas de profissão. Abaixo algumas escorregadas desta semana. Só pra descontrair.

- Vítima de má companhias - Fabiano FãdoBF Gomes
- Como se quem brinca de peteca - Fabiano Enroloutudo Gomes
- País da putaria - Fabiano Exagerou Gomes
- Dois bandido tabaca - Fabiano Extrapolou Gomes
- A maconha que estavam empacotadas - Marco EnganouaTambaú Águia
- Nós se encontramos no corredor - Marco DeuumtoconaTambaú Águia
- Não tem resfúgios, resfúgios - Marco Inventando Águia
- Gravou tudo com há menina - Emerson Assustacriança Machado
- Tem uma gravação do monstro com há garota - Emerson Hajadente Machado
- Os bandidos entraram atirando com intenção de matar alguém - Emerson Inventa Machado
- Que nem coceira de coelho - Fernanda Matraca Albuquerque
- A soledariedade do povo - Fábio Joãograndão Araújo
- Piores aeropôrtos (acento nosso) do Brasil - Rachel Sbetista Shererazade
- Amy Winause - Celso Fritas Freitas

A todos citados acima, uma penitência de um mês na reza de São Francelino com muitas horas, diárias, de ditado (quem lembra?) e dever de casa com a gramática ao lado. As preces deste santo são infalíveis para sobreviver decentemente no mundo da comunicação. Estamos de olho!!!

4 comentários:

Anônimo disse...

Ou eu estou meio cega ou ontem vi um apresentador de outra tv saindo da Arapuan... Fiquei curiosa,o povo do Bucho num sabe não?

Anônimo disse...

vcs deveriam colocar a frase certa do lado, pq vi gente perguntando ao companheiro do lado "eu errei o que?" a resposta: nada amigo, esta certo como vc falou :D

Song Mong disse...

E hj em dia os alunos não fazem mais ditado, não?

Alexandre Santos disse...

Bom...
Separei 03 frases para o pessoal do BF, informar qual o erro crasso de cada uma.

1)Os bandidos entraram atirando com intenção de matar alguém

2)Que nem coceira de coelho - Fernanda Matraca Albuquerque
(Expressão usada em cordeis)

3)País da putaria - Fabiano Exagerou Gomes (se for Estado, esta certo)

Certas frases, mesmo que use pronome coloquial, tem uma certa licensa poética. Acho que exagero já começou imperar no BF.