domingo, 27 de janeiro de 2013

APERTEM OS CINTOS. O PILOTO SUMIU?

No desespero de informar o desastre que ocorreu com o avião do estado, no qual estavam o Ricardo governador e o Ricardo secretário, algumas notícias foram transmitidas sem o cuidado da checagem. No sistema Canjiquinha disseram que o avião era cedido, ao estado, pelo Ministério do Interior. Pois bem. O avião nunca foi cedido por Ministério nenhum e pertence ao estado da Paraíba. No primeiro dia apenas o governador falou a respeito como se apenas ele estivesse no avião. Outras pessoas estavam na aeronave e foram cuidadosamente desprezadas. Será? Somente 24 horas depois é que Ricardo, o secretário, falou a respeito. Até parece que ele tinha desintegrado no dia do acidente. Mas quem poderia falar tudo sobre o acidente com conhecimento de causa? Quem? O piloto. O "motorista" da "viatura" oficial. Afinal, onde está a pessoa que salvou a vida dos que estavam dentro do avião? Ou ainda, onde está a pessoa que pode ter cometido um erro e feito muitos jornalistas ficarem preocupados com seus futuros no nossa sofrida Paraíba? Só lembraram dele um dia depois também? Claro que ele 'falou' que não 'falaria'. Onde está o tino jornalístico e investigativo que anda tão sumido nos últimos anos? Resultado de jornalismo investigativo na Paraíba, a gente só vê quando passa no Fantástico. O que vemos por aqui são apenas resquícios de alguns esforços solitários. O piloto sumiu ou sumiram com ele? Estamos de olho!!! E pra apimentar mais um pouco essas análises banais, revelamos o perigo de se informar antes do acontecido (captura abaixo). Todos sabem que o horário divulgado pela Secom estadual não correspondeu e quase que nem acontecia. Haja proteção de Mãe Renilda e seus tambores.

Um comentário:

Anônimo disse...

Você falam de "tino jornalístico" e começam o texto falando de "desastre" com avião.
Tenham dó. ..