segunda-feira, 17 de setembro de 2012

VERGONHA SALARIAL NA ARAPUAN E NA TAMBAÚ

Desde o mês de maio que o Sindicado dos Radialistas da Paraíba ou Sindicado de Moisés, como é chamado no popular, não consegue fechar acordo com o sistema Gregoriano Arapuan e com o sistema Cearense Tambaú. Uma vergonha pra duas empresas que pretendem melhorar em seus índices de audiência e melhorar também com o bom conceito de organização e bom ambiente de trabalho. A rádio peão nos informou que as outras empresas já fecharam acordo com aumentos que chegam a 10%, dez por cento, em cima dos vencimentos de 2011. A essa altura os funcionários dos dois sistemas atrasões já não sabem mais se existe uma data base para a categoria dos radialistas. Diante de remunerações que beiram os 5 ou 6 mil reais para alguns apresentadores e que chegam a 20 mil reais, em João Pessoa, o sentimento que se espalha pelos corredores da Arapuan e da Tambaú não faz nenhum bem aos funcionários desprezados que percebem menos de mil reais em sua maioria. Esse desprezo, não estranhe o nosso leitor, se reflete nos resultados nos índices de audiência. Salientamos que hoje, graças ao objetivo de lucrar, lucrar e lucrar, muitas empresas estão se utilizando de radialistas para exercerem funções de jornalistas. Isso se deve ao fato de o piso salarial do radialista ser menor que o piso dos jornalistas. O gaiato de plantão grita lá da copa: tem funcionário que se receber qualquer proposta com 100 reais a mais, troca de empresa da noite pro dia. Infelizmente. Registramos aqui nossa indignação com os diretores e superintendentes da Arapuan e da Tambaú. Estamos de olho!!!

15 comentários:

Anônimo disse...

Tem gente que muda de empresa para ganhar menos, só pra não ter que aguentar essas "picuinhas" das empresas.

Anônimo disse...

Os dias da Arapuan estão contados!

Anônimo disse...

No quesito "desrespeito e desprezo com os funcionários", nemhuma emissora local escapa.Eu disse:NENHUMA!
No velho torrão sublime as coisas são assim mesmo.
Os patrões se aproveitam da legião de deslumbrados(das)que dão a vida para botar o rosto no vídeo, e oferecem salários imorais.
Para se ter uma idéia da exploração, quatro publicidades de 30 segundos exibidas no principal telejornal do estado, pagam com folga a folha inteira da redação.E nós sabemos que não são apenas quatro que são exibidos.
Imagine como será nas outras que beiram o zero em audiencia.
É isto, o sujeito passa quatro anos em uma faculdade para aprender a fazer jornalismo qualificado, e quando chega no mercado vai receber um salário desqualificado.
Sem falar nos "cospe microfone"que empestaram as emissoras locais e são capazes de pagar para poder ficar no ar.
Digo e repito: a televisão paraibana agora é que está entrando nos anos 1960,ainda não saiu do século 20.
Haja atraso!

Anônimo disse...

Vocês podem colocar o que for aí, nada vai tocar no coração do dono da emissora, infelizmente só valorizam que esta com a cara na tela e na direção, o resto é resto, tem gente ganhando um salário mínimo. E nem reclame pq a resposta é: tá achando ruim? sabe o que fazer

Anônimo disse...

TEM EDITOR DE IMAGENS QUE É AMIGO DE GERENTE GANHANDO 2.000 REAIS E AINDA VAI PRA CAMPANHA ELEITORAL E VOLTA COM EMPREGO GARANTIDO...

Anônimo disse...

EDITOR DE IMAGENS GANHA MENOS QUE UM GARI DA MARQUISE...

Anônimo disse...

SOU AMIGO DE UM PROFISSIONAL DE UMA EMPRESA AÍ NA PARAÍBA... TRABALHO EM UMA REDE FAMOSA NO BRASIL... E DIGO QUE... PÔ É TRISTE O QUE ELE ME CONTA A RESPEITO DA FALTA DE VALORIZAÇÃO COM O PROFISSIONAL PARAIBANO, É IMORAL... ENQUANTO AQUI NÓS TRABALHAMOS MUITO, MAS SOMOS RECOMPENSADOS PELO TRABALHO E MUITO BEM... UM EDITOR DE IMAGENS EM COMEÇO DE CARREIRA GANHA MAIS DE R$ 2.000,00... UM CINEGRAFISTA GANHA O QUE GANHA UM APRESENTADOR AÍ... R$ 4.000,00 FORA AS HORAS EXTRAS... FREELAS... É VERGONHOSO.. QUERIA QUE OS SRS. SUPERINTEDENTES DAS AFILIADAS DAÍ DESSEM UMA LIDA NISSO... PQ É PRA ELES QUE ESCREVO MINHA INDGNAÇÃO.. PROFISSIONAIS DE TELEVISAO TEM FAMÍLIA... R$ 700,00 É DINHEIRO DE SALÁRIO MINIMO... ISSO REFLETE MAL AQUI FORA... A PARAÍBA É O ESTADO QUE MAIS SE PAGA MAL NO BRASIL... VERGONHOSO!!!

tommy cicutta disse...

Concordo co o anônimo acima. Rádio e TV na PB é ilusão. Quem esperar ganhar algum dinheiro decentemente (tipo um salário de 6 mil reais) pode tirar o cavalinho da chuva.Quem ganha nessa faixa já se vendeu. Isso nas funções normais de repórteres, redatores e afins. CHEFIA é outra coisa.

Anônimo disse...

Tenho pena de quem acha que um editor que se afasta do seu emprego pra fazer campanha ganhando 2.000 é muito!

Anônimo disse...

Tem gente na Tv Tambau trabalhando em VARUAS funçoes e ganhando uma mizeria!!!!!!!!!!!!Enquanto tem gente que chega as 9:30 e sai de 13:00 e ganha mais de 2.000 e ainda tem hora extra,, ASSIM E FODA.

Anônimo disse...

Tem uma tv aqui em joao pessoa que a coisa ta tao feia, nao quer contratar gente nova, nem pagar o merecido a funcionarios. ESTA TV TA COLOCANDO ATE MOTORISTA PRA OPERAR CAMERA DENTRO DO ESTUDIO...Salvem os bons profissionais...

Anônimo disse...

Quem foi que deu 10% mesmo bucho? Pelo que fiquei sabendo, o "maior sistema de comunicação da PB" deu 8.

Anônimo disse...

Bem que esses profissionais poderiam pegar o clima do momento e fazer uma GREVE!

Anônimo disse...

Não façamos como muitos de nossos "jornalista" que, às vezes, esquecem que "radio", em palavras compostas é prefixo, daí radiorrecepção, radiossonda, radiopatrulha, radioescuta, radioatividade, radio-ouvinte, e por aí vai o célebre Aurélio. Agora com seu companheiro, o Houaiss. Dito assim, pouco custaria pedir para lembrar (e redigir), de tão lembrado (e pouco redigido, corretamente) que é, da RADIOPEÃO, cujo eslógão (assim mesmo, bem apotuguesado) seria "A notícia que vira verdade".
Bom Trabalho, Pessoal!

Alexandre disse...

"Tambaú não faz nenhum bem aos funcionários desprezados que percebem menos de mil reais " A pressa é inimiga da revisão. Não seria "recebem" ? Estamos de olho.