sexta-feira, 10 de junho de 2011

BUCHO FURADO É DESTAQUE NO PB AGORA. DE NOVO?

Incrível como um blog que surgiu apenas para brincar e discutir os rumos do nosso pobre jornalismo causa tanto espanto no meio. Pois o pessoal do conceituado portal PB Agora nos deu uma importância que nem nós mesmos achamos que possuímos. Postaram como destaque principal, captura acima, nesta quinta, uma falha nossa que inclusive está postada com a devida correção neste blog. Diferentemente de outros blogs, sites, portais, no Bucho Furado quando nós erramos, não apagamos o erro ou substituímos palavras pra ninguém ver mais.Não. A gente corrige, assume e deixa pra todo mundo ver. Afinal o que nos move também serve de aprendizado. Erramos com a palavra “despensa” e colocamos lá, no mesmo post, a devida mea culpa. Agradecemos à editoria do PB Agora pelo destaque a nós conferido apesar de não terem colocado o nosso link, dando o crédito pela escorregada. Mas quem quiser é só dar uma olhada clicando aqui. Dá pra perceber que foram procurar uma foto de uma ambulância velha, nos arquivos do portal, só pra ter uma desculpa pra fazer referência ao nosso trabalho. Uma constatação já temos: é que muitos jornalistas, inclusive do PBAgora, estão mais cuidadosos com próprios textos depois que começaram a fornecer matéria-prima para nossas postagens. Bom para quem escreve; mais atento à Gramática, bom para o leitor. Uma questão: com tantos fatos importantes acontecendo pelo estado afora como manifestação no Lyceu, meningite em Cabedelo, Al Qaeda dos Novais, superbactéria no Edson Ramalho, arapongagem na AL, chuvas, o PBAgora transforma uma escorregada nossa em destaque? Salve São Francelino e beata Zarinha. Estamos de olho!!!
*** Logo abaixo tem as pérolas da semana

Um comentário:

Markito disse...

Bom, se é para corrigir, então vamos lá! Encontrei pelo menos um erro na matéria do PBAgora criticando o BF. Na frase: "O fato é que uma ambulância da cidade de Alcantil, Cariri paraibano, tem impresso a seguinte informação na traseira do veículo..." há um erro de concordância. Se o verbo concorda com o sujeito, em vez de impresso, deveria ser impressa na traseira do veículo. Vamos ter cuidado com a "última flor do Lácio", minha gente!