terça-feira, 30 de agosto de 2011

FACES REVELA A FACE. DE SAMUKA

O programa Faces apresentado por Jasa Dente Costa teve em sua última edição uma acalorada discussão sobre ética e jornalismo. Presentes no debate a presidente da API, Marcela Sintônio, Aldo Schueler, Pe. Albeni, Rafael Freire, Samuka Duarte, Welington Farias e mais uma psicóloga que pedimos desculpas por não lembrar com exatidão o nome. Confessamos que nós do blog Bucho Furado não conseguimos assistir mais do que dez minutos da conturbada discussão a respeito da possível classificação dos programas policiais. Tudo em decorrência do despreparo do nosso, infelizmente, colega de profissão o sr. Samuka Duarte que como não tem preparo nenhum para discutir um assunto de interesse da população, mostrou toda sua face com atitudes de desespero quando se viu envolvido em um assunto que não domina: ética e jornalismo. E foi assim por todo o tempo que paramos para assistir ao Faces. Um tentativa em vão dos demais participantes em levantar questões a respeito do Código de Ética do Jornalismo com a participação do sr. Samuka. O que deveria trazer algum proveito para o telespectador se transformou em mais um circo de horrores linguísticos praticados pelo apresentador do Correio Verdade, como já é de costume. Praticamente não se ouviu a palavra de Aldo, de Marcela, de Pe. Albeni e dos demais tão somente pelos arroubos do sr. Samuka que, deselegantemente, cortava a fala dos colegas como se estivesse num picadeiro pronto para fazer gracinhas. Esquecia ele que estava em um programa de tv que tentava falar sério. Exagero nosso? Preste atenção às setas que colocamos. Até a apresentadora do Faces, Jasa Faces Costa parecia atordoada com os desatinos “Samukais”. E tem quem diga que ele foi professor. Estamos de olho!!!

7 comentários:

Hugo Leonardo Macena disse...

Não há novidade nesse tipo de comportamento, estranho seria ele se comportar de maneira diferente como o de costume.
O fato é que não se discute ética com alguém que, além de não ter, não sabe o que é isso. É lamentável a situação da imprensa paraibana. Estamos chegando no fundo do poço!

Amandha di Souza disse...

Confesso que não fiquei espantada, pois vejo as barbaridades cometidas no programa que ele apresenta. É decepcionante ver uma criatura deste tipo apresentar um programa ao meio dia. Uma pessoa que não tem conteúdo não pode passar conteúdo para as outras. Sem ética, sem postura...

Nakamura Black disse...

Já havia comentado o assunto no Face de Jasa. Samuka, de fato, com seus arroubos, não deixava ninguém falar. Concordo até com o amigo Hugo Leonardo. Vocês estão de parabéns pelo comentário.

Denize disse...

Esse "jornalista" só trabalha pq não existe educação de verdade p/ todos,pois ninguém q tenha alguma massa cinzenta conseguiria ouvir mais de 1,0seg de conversa desse cidadão q se diz jornalista.

Anônimo disse...

É um palhaço em que a população de baixa renda assim como ele sem cultura sem estilo levanta, fazendo assim ele se achar grande coisa da Tv. A culpa nao é dele e sim de quem eleva o nome dele, ele ta certo em tirar proveito pois isso é uma fase que vai passar e ele sabe disso, pouco importa pra ele o que se fala, o que vale é grana no bolso.

Anônimo disse...

"Um tentativa em vão dos demais participantes em levantar questões a respeito do Código de Ética do Jornalismo com a participação do sr. Samuka".

"Um tentativa"? Se estão de olho, é preciso melhorar a visão...

Eu... disse...

Samuka? Professor? De quê? Até onde sei ele sempre foi palhaço e a sala de aula dele era o picadeiro. Tomara que se candidate a prefeito de Santa Rita, ganhe, se queime e termine igual Jota Júnior. Credibilidade zero.